A Potiguar natural de Caicó, Gilimara Santos da Costa, de 36 anos, foi assassinada em um apartamento localizado no Bairro do Valentino em João Pessoa no estado da Paraíba.

O crime aconteceu na manhã de sábado 20 de março de 2021 e segundo a polícia paraibana, a companheira com quem a vítima vivia há cinco anos é a principal suspeita do crime.

Segundo a perícia criminal, Gilimara foi morta com 95 facadas. Marilene da Silva Ramos de 45 anos, sua companheira é suspeita do assassinato,  está foragida. Vizinhos relataram para a Polícia Civil, que as brigas entre o casal eram constantes.

De acordo com a polícia, a mãe e um sobrinho da vítima que estavam no apartamento na hora do crime, foram dopados e atendidos pelo SAMU, mas passam bem.

No interior do apartamento, a polícia encontrou várias envelopes de medicamentos que podem ter sido usados para dopar a idosa e a criança.  Após ser necropsiado no IML da capital paraíbana, o corpo de Gilmara Santos da Costa, foi translado para Caicó, sua terra natal, onde foi sepultado, neste domingo, 21, no Cemitério São Vicente de Paulo.