Desde o dia 3 de novembro, os alunos do 9º ano da rede pública de Luís Gomes, município localizado no Alto Oeste Potiguar, puderam voltar às salas de aula.

O Colégio Municipal Padre Osvaldo, que já vinha trabalhando com atividades remotas desde o começo da pandemia, resolveu aderir ao formato híbrido de aulas para cerca de 60 alunos que compõem o último ano do ensino fundamental. Segundo a Secretária de Educação do Município, Ana Gracilda, para haver esse retorno aconteceram diversas reuniões, primeiro como o Conselho de Educação, depois com os professores e outros profissionais da escola e por fim, com os pais e responsáveis.

Sobre as medidas de biossegurança, a secretária informou que foram adotadas todas as recomendações de saúde definidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS): distribuição de kits, distância de carteiras, álcool em gel distribuídos por toda escola e EPI’s e protetores faciais em acrílico para os professores. Houve também duas testagens de Covid-19, no início das aulas e após um mês. As duas turmas foram divididas em quatro, duas ficaram pela manhã e duas pela tarde.

“As atividades presenciais se encerraram nesta terça-feira 29, e serão retomadas em fevereiro. Dependendo da situação da Covid-19 em nossa região, vamos reajustar o nosso plano para que os nossos alunos da rede municipal estejam seguros e que o ensino se dê de forma responsável”, contou Ana Gracilda.

Já em Major Sales, município vizinho de Luís Gomes, foram cerca de 46 alunos que retornaram às aulas presenciais. Desde o dia 13 de novembro, a Escola Municipal Antônio José da Rocha, iniciou o protocolo de retomada gradual dos estudantes, também começando pelos que estão no 9º ano. Os alunos foram divididos em cinco turmas – quatro no período da manhã e uma no período da tarde -, comparecem na escola de segunda à quinta-feira e têm 3h de aulas presenciais, e o restante é complementado com o ensino remoto.

De acordo com a Secretária de Educação do Município, Magna Brito, a escola tem feito um trabalho ostensivo na conscientização dos alunos, pais e professores. “Reunimos os pais um dia antes das aulas iniciar, para realizar a entrega dos kits de proteção, e repassar orientações de uso. Também foi elaborado pela nutricionista um cardápio excepcional servido em utensílios descartáveis”, contou Magna.

Ainda segundo a secretária, todas as medidas de biossegurança estão sendo seguidas à risca. “Nas salas de aulas cada cadeira foi marcada com o nome do aluno, fixamos cartazes de orientação de proteção individual e coletiva nas dependências do colégio e do ônibus escolar. É um trabalho em conjunto, que só funciona se todos fizermos a nossa parte!”, reforçou.

O plano de retomada dos municípios foi elaborado de acordo com as diretrizes do estado, através do “Documento Potiguar: Diretrizes para retomada das atividades escolares nos sistemas estadual e municipais de ensino do Rio Grande do Norte”, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC) em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Natal (SME), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação do RN (UNDIME-RN) e outras entidades representativas. Casos de Covid Em pouco mais de um mês de aula, somente uma pessoa em cada escola testou positivo para Covid-19.

Em Luís Gomes, uma aluna que estava infectada com o vírus foi localizada durante a segunda testagem. Já no município de Major Sales, apenas a gestora da escola testou positivo para o vírus. Ambas cumpriram o isolamento social e estão recuperadas.