Quase todas as cidades do RN que recebem royalties do petróleo tiveram redução nos repasses este ano, o que preocupa os prefeitos e as gestões municipais.

Essa queda brutal tem relação direta com o movimento econômico mundial do petróleo. Com a pandemia de coronavírus, a demanda comercial por esse recurso diminuiu, o que fez com que o valor do barril despencasse, puxando para baixo também o repasse de royalties aos estados e municípios brasileiros.

Em Porto do Mangue o prefeito Sael Melo, vem trabalhando para que os impactos na redução dos royalties não inviabilize ações da sua gestão a frente da Prefeitura.

Não podemos permitir que os nossos munícipes sejam afetados pela queda desses recursos, a nossa gestão tem trabalhado e se adequado para que nenhum serviço público seja inviabilizado. Acreditamos que isso tudo vai passar e logo voltaremos a fazer investimentos maiores.” Afirmou o prefeito Sael Melo a nossa redação.