O virologista Luc Montagnier afirmou que o novo coronavírus, Sars-Cov-2, responsável pela pandemia de Covid-19 foi criado em um laboratório chinês.

Montagnier, que ganhou o Prêmio Nobel de Medicina pela “descoberta” do vírus da Aids, sugeriu a hipótese em entrevista ao site “Pouruoi doctor?” [Por que doutor?].

O virologista nega que a origem do vírus seja um mercado de animais selvagens na China. “É apenas uma história da Carochinha, mas não é real. O vírus saiu de um laboratório de Wuhan”, afirmou.

O pesquisador lembra que o laboratório chinês “se especializou nesse coronavírus desde o início dos anos 2000. Eles têm experiência nessa área”.

Luc explica ter analisado “nos mínimos detalhes” a sequência com seu colega matemático Jean-Claude Perrez: “Não fomos os primeiros, já que um grupo de pesquisadores indianos tentou publicar um estudo que mostra que o genoma completo desse coronavírus [possui] sequências de outro vírus, o HIV, o vírus da Aids”, explicou.

Para ele, a sequência do HIV foi inserida no genoma do coronavírus na tentativa de fazer uma vacina. “É o trabalho de um aprendiz de feiticeiro”, enfatiza.

“Erro fácil de ser cometido”

Por outro lado, o virologista molecular Simon Wain Hobson do Instituto Pasteur, em Paris, afirmou, em entrevista à RFI, que Luc Montaigner “não é o único a falar isso, outros pesquisadores já cometeram o mesmo erro”.

Hobson diz que o pesquisador está errado em sua análise. “O genoma do novo coronavirus é particularmente rico em duas bases em seu genoma, e o HIV é rico em uma delas. Olhando a sequência genética, pode-se chegar à conclusão de que há similaridades”, explica.

Trabalhamos com informações disponíveis e publicadas, então só posso comentar em cima destas informações previamente catalogadas. Tudo leva a pensar que [a Covid-19] seja uma infecção natural. Ou seja, vem do mundo animal, e o ponto de partida seria um outro mamífero”, afirma.

Conclui dizendo que “com a evolução das informações sobre esse novo coronavirus, poderemos no futuro imaginar outras causas. Mas, nesse exato momento, a única causa possível é a natural”.