Ufersa consegue 86% de aprovação do curso de Direito no exame da OAB

Resultado de imagem para ufersaFoi divulgado na manhã desta segunda, 19, o resultado da segunda fase do Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o curso de Direito da Universidade conseguiu aprovar 86,36% dos alunos que participaram do Exame. Foram 19 aprovações dos 22 inscritos.

O resultado ainda é preliminar, havendo a possibilidade de recurso. Portanto, há uma possibilidade que esses números aumentem.

No último exame da OAB, a Ufersa ficou em primeiro lugar nacional, com uma porcentagem de 88,89% de aprovação. A segunda colocada do ranking, a Universidade Estadual do Oeste do Paraná – Unioeste, teve 80% de aprovação.

Vereadores de Porto do Mangue retomam trabalhos na próxima quarta-feira

De acordo com Regimento Interno, a Câmara Municipal de Porto do Mangue deve retomar os trabalhos legislativos na próxima quarta-feira, 21. Após um longo recesso, os edis retornarão a dita ‘Casa do Povo’.

– Na pauta, a leitura da Mensagem Anual do Chefe do Poder Executivo, o prefeito Sael Melo (PHS).

É esperado que a Sessão seja transmitida via web pela Tv Câmara.

O cidadão que desejar, poderá acompanhar o trabalho dos vereadores portomanguenses de qualquer lugar do mundo pela internet. O projeto que instituiu o sistema de comunicação social da CMPM, é de autoria do vereador socialista, Juscelino Gregório (PPS).

2018 começa agora

PORTO DO MANGUE – Depois da queima dos fogos de artificio do fim de ano seguido das farras carnavalescas, parece que o ano de 2018 vai começar.

Um ano que terá muito a dizer principalmente porque é ano de Eleição, sim, mas antes tem a Copa do Mundo, o que não afastará as atenções do mundo político.

Preocupações para uns, outros nem tanto.

A verdade é que o polítermetro ( termômetro político) já está posto, apesar de um cenário ainda incerto.

Vamos aguardar um pouco mais.

Barragem Armando Ribeiro ganha 2,7 milhões de m³ de água

As chuvas no Rio Grande do Norte trouxeram aumento de volume em alguns dos 47 reservatórios estaduais, com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos, monitorados pelo Instituto de Gestão das Águas do Rio Grande do Norte (Igarn).

A Barragem Armando Ribeiro Gonçalves recebeu 2,7 milhões de metros cúbicos e 6 centímetros (cm) de volume. O maior reservatório estava com pouco mais de 10% de água. Sua capacidade total é 2,4 bilhões de metros cúbicos.

Já o açude Mendubim, em Assú, teve uma elevação de 14 cm no seu volume, enquanto o reservatório de Passagem das Traíras, em São José do Seridó, teve um aumento de volume de 21 cm.

O diretor-presidente do Igarn, Josivan Cardoso, destaca que esses aumentos ainda são baixos e que o uso consciente da água é essencial. “Esperamos que as chuvas continuem e se intensifiquem para que os volumes realmente possam aumentar e melhorar a situação das reservas hídricas do estado. É importante a população ter consciência sobre o uso sustentável da água, já que as reservas continuam baixas”, explicou.

Piauiense se torna o doutor mais jovem do país

Guilherme Lopes se tornou  o mais jovem doutor do Brasil. Ele teve sua tese de doutorado em biotecnologia aprovada na UFPI, na cidade de Paranaíba.

O mais novo Doutor tem apenas 26 anos de idade, dois meses e 26 dias. O tema de sua tese é “Bioprospecção da bergenina isolada de Peltophorum dubium, com ênfase nas propriedades antioxidantes e anti-anti-inflamatórias: aporte para o desenvolvimento de novos fitomedicamentos”. 

No ano passado, uma cearense foi reconhecida oficialmente como a mais jovem doutora do país, com 26 anos, nove meses e cinco dias.

Filho de costureira e pedreiro, moradores do bairro Prado, em Piripiri-PI, Guilherme passou 1 ano na Espanha, aperfeiçoando sua pesquisa no Departamento de Farmacologia da Universidad de Sevilla, por meio de um bolsa do programa Ciência sem Fronteiras, do Governo Federal.

Guilherme Lopes (Crédito: Reprodução)

O jovem foi de  escola pública. Usando a nota do ENEM no PROUNI, foi bolsista do curso de graduação em Biomedicina na Faculdade Maurício de Nassau, em Teresina.

Hoje, pude olhar pelo retrovisor da vida e vi que cheguei até aqui porque nunca vim sozinho. Me lancei ao novo, vivenciei o inesperado, saboreei o doce e o amargo, mas em todo o tempo o Todo Poderoso cuidou de mim”, disse Guilherme.

Atualmente ele é professor  da Faculdade Chrisfapi, onde ministra disciplinas nos cursos de Farmácia e Enfermagem.

Serra do Mel: Ministério Público quer esclarecimentos sobre edital de concurso

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da 11ª Promotoria de Justiça da comarca de Mossoró, recomendou ao prefeito de Serra de Mel que não contrate mais nenhum candidato selecionado no edital nº 02/2017 até que sejam esclarecidos alguns fatos que são objeto de investigação ministerial.

O chefe do Executivo do município mencionado, Josivan Bibiano de Azevedo, deve apresentar, no prazo de 10 dias úteis, todos os elementos utilizados pela comissão julgadora para avaliação objetiva e isonômica do candidato na fase da entrevista do processo seletivo questionado.

A promotoria orientou que, caso não exista, encaminhe dentro de 20 dias, projeto de lei para a Câmara Municipal de Serra do Mel para a criação dos cargos efetivos elencados no edital. O documento deverá conter a discriminação das funções dos cargos, da remuneração e também o limite de reserva de vagas destinadas a portadores de necessidades especiais, conforme expressa a Constituição Federal.

Continue lendo “Serra do Mel: Ministério Público quer esclarecimentos sobre edital de concurso”

Eleições 2018, vereadores candidatos ficam de fora da ‘janela partidária’

Os vereadores que pretendem disputar outros cargos eletivos nas eleições deste ano não poderão trocar de partido aproveitando a “janela partidária”, sem o risco de perder seus mandatos. É que a legislação eleitoral estabelece que a janela partidária aberta em 2015, vale apenas para políticos com cargos eletivos proporcionai que estão em último mandado. Nessa condição estão enquadrados os deputados estaduais e federais.

Vereadores que ainda têm mais de dois anos de mandato pela frente poderão perder suas vagas no Legislativos para seus partidos de origem caso troquem de legenda. Caberá aos tribunais a definição final, mas o ministro Luiz Fux na presidência do TSE a tendência é mais legalista, restringindo mais opões.

A dificuldade maior é que a lei produzida em 2016 não considerou os vereadores que poderiam trocar de partido para concorrer nas proporcionais de 2018. E, não estando em término de mandato, não poderão usufruir dessa facilidade em mudar de legenda.

Em 2007, o Tribunal Superior Eleitoral e o Supremo Tribunal Federal decidiram que a infidelidade partidária é causa de perda de mandato eletivo. Se o titular o mandato eletivo, sem justa causa, sair do partido político no qual foi eleito, perderá o cargo que ocupa.

Em 2015, o Congresso Nacional editou nova lei tratado sobre “infidelidade partidária” e criando a chamada “janela da infidelidade”. Com ela, os deputados podem mudar de sigla sem correr o risco de perder o mandato, se o fizerem um mês antes do prazo final para filiação.

Por outro lado, os senadores entenderam que sendo eleitos em pleito majoritário, não estão sujeitos às regras de infidelidade, alegando que seus mandatos não pertencem aos partidos aos quais estão filiados.

Carnaval violento na região oeste potiguar, 19 corpos necropciado

De acordo com o balanço do período de Carnaval na Região Oeste do RN, divulgado nesta quarta-feira,14, pelo Instituto Técnico e Cientifico de Perícia (Itep).

De sexta feira dia 09 a 13 de fevereiro, 19 corpos foram necropsiados na Unidade de Mossoró.

Mossoró registrou 09 mortes, envolvendo acidentes de Trânsito e homicídios, Assú 03 mortes por acidente e homicídio, já Macau, Tibau e Itaú teve um homicídio em cada município, além de Alexandria uma morte por acidente domestico, em Francisco Dantas duas pessoas morreram em acidente de trânsito e um homicídio em Luiz Gomes.

Horário de verão termina no proxímo sábado

O horário de verão terminará no próximo fim de semana. Por isso, os moradores dos estados que adotam o horário especial precisarão atrasar, à meia-noite entre sábado e domingo, os relógios em uma hora.

O ajuste do horário vale para os moradores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

O horário de verão começou na madrugada do dia 15 de outubro, com o objetivo de aproveitar o maior período de luz solar possível para economizar energia. No ano passado, o governo chegou a discutir a possibilidade de não adotar a medida, porém, acabou recuando.

Isso aconteceu porque um estudo do Ministério de Minas e Energia e do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) revelou que o programa vem perdendo efetividade, por causa de mudanças no perfil de consumo. Hoje, o horário de pico de uso da eletricidade passou para o período da tarde, quando mais aparelhos de ar-condicionado são ligados, especialmente no comércio. Entretanto, o governo avaliou que o horário de verão já faz parte da cultura do brasileiro e incentiva as vendas do comércio e o turismo nas cidades.