Arquivos Mensais: janeiro 2018

Pare de apostar na Mega-Sena, 80% dos jogos não tem vencedor!

0

Aumentaram as suspeitas envolvendo os sorteios da Mega-Sena pelo insustentável sigilo dos nomes dos ganhadores: levantamento indica que 80% dos sorteios de 2017 não tiveram ganhador.

Dos 110 concursos no ano passado, apenas 22 tiveram acertadores (nas seis dezenas). A maioria dos prêmios sai após cinco acúmulos, em média. Em 2018, o primeiro pagamento saiu apenas no quarto sorteio.

Ao todo, foram 43 apostas vencedoras da Mega-Sena durante todo o ano passado, 17 só na Mega da Virada. Nenhum nome foi divulgado.

Na Mega da Virada houve três apostas vencedoras na mesma lotérica. A Caixa jura que o problema foi “validação” de um bilhete três vezes.

Cerca de 10% do prêmio não são pagos nos sorteios de forma alguma e acumula até cinco vezes antes de ser pago em concursos específicos.

Publicidade:

Lula tem que respeitar os Tribunais, afirma embaixador do Brasil nos EUA

0

Resultado de imagem para O embaixador Sérgio AmaralO embaixador brasileiros nos Estados Unidos, Sérgio Amaral, respondeu rapidamente a carta subscrita por 12 deputados americanos, ligados a ala mais à esquerda do Partido Democrata, com várias críticas ao governo brasileiro e a possível perseguição da Operação #Lava Jato contra o ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva. Na carta, os deputados também enfatizaram uma desconfiança com o presidente Michel Temer e poucas esperanças do Brasil sair da crise com esse governo. O embaixador Sérgio Amaral deixou claro que o processo de impeachment sofrido pela ex-presidente Dilma Rousseff, ocorreu dentro das leis da Constituição brasileira, em sessão do Congresso Nacional presidida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, e tudo foi feito legalmente”.

Quanto às críticas feitas contra Temer, o embaixador informou aos doze deputados, que a PEC do Teto, que limita os gastos públicos, tem o objetivo de melhorar a economia brasileira e essa é a real intenção do governo. Amaral também escreveu para os democratas detalhes sobre a importância da Operação Lava Jato no Brasil e no mundo. “A Lava Jato avança dentro da normalidade legal”, ressaltou.

O embaixador Amaral terminou a resposta do documento dizendo que o Judiciário da amplo direito de defesa ao ex-presidente e ele não pode reclamar disso.

Publicidade:

Presidente do STF barra nomeação da Ministra do Trabalho após aceitar reclamação de entidade de advogados

0
Cristiane Brasil foi condenada pela Justiça do Trabalho por diversas irregularidades trabalhistas
Cristiane Brasil foi condenada pela Justiça do Trabalho por diversas irregularidades trabalhistas

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, suspendeu na madrugada desta segunda-feira, 22, a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) no Ministério do Trabalho.

Indicada ao cargo pelo pai e presidente do PTB, o ex-deputado Roberto Jefferson, Cristiane Brasil tomaria posse às 9hs desta segunda-feira. Ela foi anunciada pelo presidente Michel Temer como ministra do Trabalho em 3 de janeiro, mas acabou sendo impedida de assumir a pasta por força de uma decisão liminar.

Cármen Lucia aceitou uma reclamação apresentada pelo Movimento dos Advogados Trabalhistas Independentes (Mati), que contestava a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) no último sábado que havia liberado a posse da deputada.

O Mati já havia conseguido em primeira instância barrar a posse da deputada, indicada por Temer, alegando que a nomeação contraria o princípio da moralidade determinado pela Constituição, uma vez que ela foi condenada pela Justiça do Trabalho por diversas irregularidades trabalhistas.

O Planalto havia marcado a posse para a manhã desta segunda-feira, em cerimônia sem a presença da imprensa, com o objetivo de evitar novas decisões na Justiça que impedissem a deputada de assumir o cargo.

Segundo apurou o jornal Folha de São Paulo, o Palácio do Planalto avalia se vai recorrer à decisão do STF ou se pedirá ao partido de Cristiane, o PTB, que indique um novo nome para o Ministério do Trabalho.

Publicidade:

Lava-Jato fechou 2017 com R$ 15 bilhões em multas

0

De forma silenciosa, a Operação Lava-Jato está conduzindo à integração segmentos da burocracia que antes se mostravam reticentes à colaboração mútua, como Receita Federal, Ministério Público, Polícia Federal, Banco Central e Conselho de Controle das Atividades Financeiras (Coaf).

Resistências corporativas persistem — há situações em que até recrudesceram, como ocorre entre a Polícia Federal e o Ministério Público, envolvidos em controvérsias nos últimos tempos.

No conjunto, porém, os avanços são perceptíveis.

Publicidade:

WhatsApp vai passar a cobrar por serviços, confira quais são…

0

Resultado de imagem para whatsappO WhatsApp anunciou que terá sua vertente voltada a empresas. O WhatsApp Business deverá chegar no Brasil em breve. O segmento abriu espaço para que a empresa fizesse sua primeira tentativa de monetizar a troca de mensagens na plataforma desde que anulou a anuidade de 1 dólar para consumidores finais.

De acordo com a revista Exame, Anne Yeh, gerente de de comunicação do mensageiro, informou que o aplicativo será gratuito para download. No entanto, vai cobrar por determinados serviços voltados para este mercado. A porta-voz não descarta a possibilidade de cobrar para exibir anúncios no WhatsApp.

“Nossa expectativa é ajudar essas empresas a melhorar seu serviço ao cliente e oferecer uma opção aos nossos usuários para que saibam que estão falando com empresas reais e legítimas”, revela a gerente, sobre o objetivo do lançamento.

Lembrando que as empresas serão classificadas de duas formas pelo WhatsApp. A conta “Confirmed” garante que o número da conta é mesmo da empresa. E o status “Business” revela que a empresa está usando a modalidade empresarial do mensageiro, mas ainda não foi verificada pelo WhatsApp.

“A princípio, a maioria das empresas estará listada como Business Accounts, pois queremos ser atenciosos ao confirmar as empresas para certificar que são autenticas”, diz Anne Yeh.

Publicidade:
WhatsApp Grupo