Tv Câmara Porto do Mangue, Sessão Ordinária de 14 de março/2018

PORTO DO MANGUE – Confira como foi a Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Porto do Mangue, realizada em 14 de março de 2018.

Fundado em outubro de 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.

Vereadores renunciam presidência e relatoria da ‘CCJ’ da Câmara de Vereadores

PORTO DO MANGUE – Na última Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores, as bancadas foram surpreendidas pela leitura da renuncia de membros da CCJ-Comissão de Constituição, Legislação, Justiça, Finanças, Orçamento e Redação Final.

O Presidente da CCJ, vereador , Jailson Fernandes (PSD) e o Relator, vereador Aclécio Santana (PHS), renunciaram aos cargos nesta quarta-feira, 07. Os mesmos não compareceram a Sessão, o anuncio foi feito pelo vereador Izidro Júnior (PSB), que passou a ser membro da CCJ, o vereador Jean Maia (SD) Presidente e a vereadora Alciene Rodrigues (PMDB) relatora.

Especulações já estão sendo levantadas sobre essa renuncia conjunta dos edis, ambos com vasta experiência e soma de mandatos na ‘Casa do Povo’.

Aguarde comentários, confira o vídeo da Sessão:

Fundado em outubro de 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.

Areia-branquenses se irritam com reportagem do ‘Globo Repórter’

AREIA BRANCA – Irritada com a TV Globo, a população iniciou uma campanha nas redes sociais contra a emissora, que levou ao ar na última sexta-feira, no Globo Repórter, uma matéria, que teve como tema o universo do sal, mostrou como funciona o Porto Ilha de Areia Branca – “uma inacreditável ilha de sal”, como citou a repórter.

Até ai, tudo bem, o problema começou quando ao mostrar o Porto Ilha, localizado em Areia Branca, o programa deixou subentendido que o porto pertencia a Mossoró.

O erro de informação vem gerando revolta dos munícipes de Areia Branca.

Pelas redes sociais, areia-branquenses se manisfetaram sobre o assunto.

Na noite desta sexta-feira ,10, o Globo Repórter mostrou uma matéria especial falando sobre o sal. E mais uma vez foi divulgado que o Porto Ilha pertence a cidade de Mossoró. Rede Globo o areia-branquense tá cansado de ter sua maior riqueza roubada pela mídia. Vamos compartilhar para que a rede Globo divulgue que o Porto Ilha pertence a cidade de Areia Branca-RN“, publicou Afrânio Mesquita.

Reportagem na integra AQUI

Fundado em outubro de 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.

Reportagem do Fantástico sobre a ‘Arena das Dunas’ foi um fiasco!

Durante a semana passada, a Rede Globo de Televisão repetiu várias chamadas em sua programação, prometendo revelações bombásticas sobre o Arena das Dunas, assinalando que teria ocorrido desvio em sua construção, da ordem de R$ 100 milhões.
 
No ar, a reportagem de pouco mais de 9 minutos à noite passada, dentro do programa “Fantástico – o show da vida”, não passou de assunto “requentado”, repetindo de forma pueril o que parte da imprensa do estado – já veiculou em maior profundidade e minudências.
 
Até agora, a suspeita de corrupção está dando de seis a zero na Copa do Mundo de 2014. A construção e a reforma de seis dos 12 estádios do Mundial estão sob investigação. A Arena das Dunas, em Natal, está sendo investigada pelo superfaturamento de R$ 100 milhões”, anunciou o âncora do programa, jornalista Tadeu Schmidt.
 
Foram cinco gols em quatro jogos da Copa de 2014. A Arena custará no valor atualizado mais de R$ 2 bilhões ao governo do estado. Então dá para dizer que cada gol na Arena das Dunas saiu por R$ 400 milhões! É a hora de o Repórter Secreto do Fantástico entrar em campo na capital do Rio Grande do Norte para saber Cadê o Dinheiro que Tava Aqui?” – acrescentou o mesmo jornalista, abrindo a reportagem.
Em resumo, o quadro “Repórter Secreto” falou de apuração feita pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), que terminam implicando como supostos envolvidos o senador José Agripino (DEM), ex-deputados federais Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Henrique Alves (PMDB), além de Rosalba Ciarlini (PP) – governante à época de construção e inauguração do empreendimento.
A gestão Robinson Faria (PSD) também aparece na matéria, defendendo-se. Disse que enfrentou judicialmente a questão da exorbitância de valores, tendo redução no pagamento e restituição de R$ 38 milhões ao erário.
Governo estadual chegou a pagar R$ 11, 7 milhões/mês por esse compromisso que vai até 2031. Um dinheiro que faz falta à Saúde, à Educação, à Infraestrutura, à Segurança. Judicialmente, houve redução para cerca de R$ 9,5 milhões/mês.
Por Carol Ribeiro

Fundado em outubro de 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.