Destaque

Maduro e Guaidó convocam manifestações na Venezuela

0

O presidente em exercício da Venezuela Juan Guaidó publicou mensagem no Twitter, neste sábado, 23, convocando a população para uma mobilização em massa pelas ruas do país para pressionar as Forças Armadas [FANB] a deixar que caminhões com doações de cunho humanitário entrem no país.

Está prevista pra hoje a entrega de alimentos e medicamentos para a população da Venezuela pelas fronteiras do Brasil e de Colômbia.

“Vamos em paz, sem violência e com determinação de mudanças para exigir que a ajuda humanitária entre”, publicou Guaidó orientando os manifestantes a vestirem branco e entregarem mensagens a militares em quartéis para apoiarem a entrada da ajuda no país.

Guaidó também advertiu as FANB: “Hoje vocês têm a vida de centenas de milhares de Venezuelanos em suas mãos. Todo o país e o mundo estão com os olhos voltados a vocês. Decidam bem”.

Tensão nas fronteiras

As fronteiras do país com Brasil e Colômbia foram fechadas por ordem do presidente Nicolás Maduro. Os apoiadores do presidente chavista também prometem uma “mobilização revolucionária” neste sábado em Caracas, capital da Venezuela, “em rejeição a práticas intervencionistas do governo dos Estados Unidos”, que como o Brasil apoiam Juan Guaidó.

Maduro deixou em alerta as Forças Armadas Nacionais Bolivarinas.

Na manhã deste sábado, também pelas redes sociais, a vice-presidente do governo de Maduro comunicou a ordem de fechamento de três pontes que ligam a Venezuela à Colômbia.

O deputado Assembleia Nacional Venezuelana Miguel Pizarro, presidente da comissão especial para a ajuda humanitária, orienta que os manifestantes digam aos militares que o propósito de ajuda é humanitário: “não é para confrontar as Forças Armadas” e que a entrada dos mantimentos “não é uma derrota aos militares, porque eles sofrem o mesmo que nós”.

Ontem, o dia começou tenso e com confrontos entre militares e manifestantes na fronteira do Brasil com a Venezuela. De acordo com parlamentares, duas pessoas morreram e 15 ficaram feridas. Pelo menos sete venezuelanos baleados foram conduzidos para hospitais em Boa Vista, Roraima. As vítimas são indígenas, segundo parlamentares e organizações não governamental.

Publicidade:
BB

‘Todo feminismo acaba sendo um machismo de saia’, diz Papa em reunião no Vaticano

0

No segundo dia da reunião “A proteção de menores na Igreja”, que reúne 190 membros do alto clero no Vaticano, o Papa Francisco ouviu o discurso da professora de Direito Canônico, Linda Ghisoni, para em seguida falar sobre a presença dela no encontro, considerado um marco na história da Igreja.

— Convidar uma mulher a falar não é entrar no modo de um feminismo eclesiástico. Porque, no final, todo feminismo acaba sendo um machismo de saia — disse, acrescentando na sequência: — Não. Convidar uma mulher para falar sobre as feridas da Igreja é convidar a Igreja a falar sobre si mesma, sobre as feridas que tem. E isso eu acho que é o passo que devemos fazer com muita força: a mulher é a imagem da Igreja, uma esposa, uma mãe. Um estilo. Sem esse estilo, falaríamos do povo de Deus, mas como uma organização, talvez um sindicato, mas não como uma família parida pela mãe Igreja.

Antes das declarações do Papa, Linda Ghisoni havia feito sua palestra sobre “agir em conjunto”. Tratou da importância da escuta das vítimas e de se romper o silêncio em torno do assunto.

— Como podemos falar de proteção de menores na Igreja, sem considerar as vítimas e suas famílias, sem falar dos abusadores, dos cúmplices, dos negacionistas, dos acusados injustamente, dos negligentes, dos que desviaram os casos, dos que tentaram falar e agir mas foram calados? — questionou ela para responde rem seguida: — Ajoelhados: essa seria a postura adequada para tratar os assuntos destes dias.

O Papa disse que o discurso de Ghisoni era próprio de “uma mãe”, completou que a Igreja mesma “é uma mãe” e saltou para o tema da presença de mulheres instituição:

— Não se trata de dar mais funções à mulher na Igreja. Sim, isso é bom, mas isso não resolve o problema. Trata-se de integrar a mulher como uma figura da Igreja em nosso pensamento. E pensar assim também na Igreja com as perspectivas de uma mulher — conclui o Papa.

O pronunciamento ocorreu na tarde desta sexta-feira, segundo dia do encontro que reúne clérigos de todo o mundo no Vaticano para debater o tema do abuso de menores na Igreja, em meio à escalada de denúncias de casos em diversos países. A reunião, convocada de forma extraordinária pelo Papa Francisco, segue até domingo, entre palestras, falas do Papa e de sacerdotes, orações e grupos de trabalho — que incluem sobreviventes de abusos cometidos por padres.

Já no primeiro dia do encontro, nesta quinta-feira, um vídeo com cinco depoimentos de vítimas foi apresentado aos 190 clérigos. Em relatos emocionados, os sobreviventes contaram suas histórias e pediram que a Igreja tomasse medidas concretas para combater a pedofilia na instituição.

No segundo dia do encontro, o cardeal americano Seán Patrick O’Malley falou sobre a “terrível crise” que atingiu os Estados Unidos, segundo ele, por causa das “omissões” Boston, de onde O’Malley é arcebispo, foi palco de uma série de denúncias de abuso sexual, reveladas pelo jornal Boston Globe. A investigação dos repórteres deu origem ao filme Spotlight, que levou o Oscar de melhor filme em 2016.

— Não há nada mais urgente para a Igreja do que debater os abusos. Em nossa aldeia global, um fato que ocorre numa parte do mundo tem consequências para todos. Por isso devemos nos ajudar e nos apoiar uns aos outros para tornar a Igreja um lugar seguro para todos, especialmente para as crianças — disse O’Malley.

O Globo
Publicidade:
BB

Professor da Ufersa alerta sobre risco de rompimento de reservatórios no RN

0
Açude Marechal Dutra (Gargalheiras), localizado em Acari-RN

O alerta foi dado pelo professor Luís César de Aquino Lemos Filho, mestre e doutor em engenharia de água e solo, em um encontro que discutiu sobre a segurança das barragens e riscos ambientais ocorrido na Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA). “A Agência Nacional de Água (ANA) só conhece cerca de 600 desse total (de reservatórios)”, alertou.

Um reservatório é considerado pequeno quando possui espelho de água abaixo de 5 hectares e volume de água abaixo de 1 milhão de m³. O maior reservatório do estado é a barragem Armando Ribeiro Gonçalves, localizada no Vale do Açu, com capacidade de 2,4 bilhões de m³ de água.

Os pequenos reservatórios de água são os que mais oferecem riscos de rompimento no Rio Grande do Norte. Os grandes reservatórios de água existentes no estado não apresentam riscos elevados de rompimento, porém os pequenos, algo em torno de 10 mil, causam preocupação. A maior parte desses pequenos reservatórios não é do conhecimento do poder público.

Publicidade:

Confira como ficou a formação das Comissões internas da Câmara Municipal

0

PORTO DO MANGUE – Na primeira sessão da Câmara Municipal, o vereador-presidente Juscelino Gregório (PPS), anunciou os nomes dos vereadores integrantes das Comissões para o Biênio: 2019/2020, conforme o quadro, abaixo:

⇒Comissão de Constituição, Legislação, Justiça, Finanças, Orçamento e Redação:

Ver. Aclécio Santana (Presidente); Ver.ª Alciene Rodrigues (Relatora) e Ver.ª Helena Costa (Membro).

⇒Comissão de Educação, Saúde e Assistência

Ver. Izidro Júnior (Presidente); Ver. Nivaldo Cristino (Relator) e Ver. Jailson Fernandes (Membro).

⇒Comissão de Obras, Serviços Públicos e Meio Ambiente

Ver. Jean Maia (Presidente); Ver. Joãozinho Brito (Relator) e Ver. Izidro Júnior (Membro).

⇒Comissão de  Turismo, Cultura, Mulher, Juventude, Agricultura e Pesca

Ver.ª Alciene Rodrigues (Presidente); Ver.ª Helena Costa (Relatora); Ver. Jailson Fernandes (Membro).

As Comissões Internas órgãos técnicos criados pelo Regimento da Casa e constituídos de vereadores (as), com a finalidade de discutir e votar as propostas de leis que são apresentadas à Câmara. Com relação a determinadas proposições ou projetos, essas comissões se manifestam emitindo opinião técnica sobre o assunto, por meio de pareceres, antes de ser levado ao Plenário; com relação a outras proposições elas decidem, aprovando-as ou rejeitando-as, sem a necessidade de passagem pelo Plenário da Casa.

Na ação fiscalizadora, as comissões permanentes atuam como mecanismos de controle dos programas e projetos executados ou em execução, a cargo do Poder Executivo, e perduram enquanto constarem do Regimento Interno.

Publicidade:
RESP SOCIAL

Convite da Câmara Municipal de Porto do Mangue – Início dos trabalhos legislativos

0

Publicidade:
RESP SOCIAL

Detran e Governo do RN criam campanha impactante contra velocidade com o tema: A pressa passa, as consequências ficam

0

O Detran e o Governo do Rio Grande do Norte, em parceria com a Executiva Agência de Comunicação, criaram um filme para ilustrar as atitudes precipitadas de um motociclista no trânsito.O tema “A pressa passa, as consequências ficam”, retrata motoqueiros colidindo com carros e voando para cadeira de rodas ou uma cama de hospital. Veja abaixo:

A campanha é para conscientizar e refletir estudos do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, (RN), que apresenta um comparativo entre 2016 e 2017, em que o número de acidentes foi reduzido de 8.729 para 8,010. Veja o vídeo da campanha:

Publicidade:
RESP SOCIAL

‘Projeto Cordeiro do Vale’ promove ação junto a criadores na zona rural de Porto do Mangue

0

PORTO DO MANGUE – O secretário de Agricultura e Pesca, Flávio Felipe; o médico veterinário Carlos Henrique, a Engenheira Agrônoma Leuma consultores do SEBRAE;  e Patrícia Lopes, técnica do escritório Local da EMATER,estiveram no P.A Rio Doce realizando palestras e orientações aos criadores de ovinos e caprinos.

O ‘Cordeiro do Vale’ chega a Porto do Mangue por meio de uma parceria celebrada entre a gestão do prefeito Sael Melo e o Sebrae. O projeto tem por objetivo preparar produtores de ovinos e caprinos, capacitando-os com orientações técnicas sobre reprodução, sanidade, alimentação e mercado.

A gestão de Sael Melo vem implementando ações que visam a ampliação e o fortalecimento da cadeia produtiva rural do município, especificamente no que diz respeito a ovinocaprinocultura.

De acordo com o secretário da Agricultura, Flávio Felipe, atualmente 7 criadores estão participando do projeto na zona rural da cidade; 2 no Rio Doce, 4 na Praia do Rosado e 1 no assentamento Brilho do Sol. Flávio Felipe falou sobre a importância do projeto: “O objetivo principal do projeto é orientar os criadores a como identificar doenças básicas; as causas da desnutrição do animal, orientações manejo. São orientações que visam minimizar doenças e aumentar a rentabilidade e lucratividade para o agricultor“, afirmou.

Publicidade:

Ministra Damares Alves reconhece importância de projeto do MP do Rio Grande do Norte

0

A promotora de Justiça Érica Canuto, a convite do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, se encontrou com a ministra Damares Alves e com a secretária nacional de políticas públicas para mulheres, Tia Eron, para discutir políticas de enfrentamento à violência contra a mulher.

Na oportunidade, Érica Canuto apresentou o projeto desenvolvido no Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio do Núcleo de Apoio à Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar, chamado de “Grupo Reflexivo de Homens”, vencedor do prêmio CNMP de 2016.

A equipe do Ministério reconheceu a importância e a qualidade do projeto, principalmente ao conhecer os resultados alcançados, que apresentam índice quase zero de reincidência de violência entre os homens que fazem parte do grupo.

Publicidade:

Saiu o abada do bloco Unid@s na Folia 2019

0

PORTO DO MANGUE – Confira como ficou o abada do bloco carnavalesco Unid@s na Folia 2019.

O bloco é comandado pelo casal Junior e Ana Cobra.

Mais informações via whatsapp: (84) 98636-9438

Publicidade:

R$ 400 mil para o corte de terra, é o que a prefeita Rosalba vai liberar para agricultores de Mossoró

0

A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) lançou na manhã desta quinta-feira, 7, o Semear 2019, programa que tem como objetivo disponibilizar o corte de terra ao pequeno produtor rural de Mossoró.

Rosalba anunciou a liberação de R$ 400 mil para atender cerca de cinco mil famílias em 136 comunidades rurais.

Cada família terá direito a 1 hora de corte de terra. O tratorista da comunidade receberá 22 litros de óleo a cada hora de corte. Cerca de 115 litros de óleo devem ser distribuídos pela Secretaria de Agricultura.

“O inverno está chegando e nós queremos dar esse apoio ao pequeno agricultor para que ele possa cortar a sua terra, produzir e ter um ano tranquilo com a sua família”, disse a prefeita.

O coordenador regional da Empresa de Extensão Rural (EMATERN), Marcos Fábio, falou sobre a entrega sementes prevista para até final desse mês. Em Mossoró, segundo ele, serão contemplados 1.985 agricultores.

Publicidade:
WhatsApp Grupo