Destaque

Bancos estão financiando ‘Cultura da Pedofilia’, isso é uma vergonha!

0

Foi realizada durante a abertura do 35º Panorama da Arte (pornografia) Brasileira no Museu de Arte Moderna (MAM), em São Paulo, o que foi mais uma incitação à pedofilia, ganha as páginas dos jornais impressos e eletrônicos, além da grande repercussão do repúdio por usuários das redes sociais.

Fato é que, após fotos e vídeos da apresentação virem a público, o coreógrafo carioca Wagner Schwartz apresenta “La Bête”, em que seu corpo nu pode ser manipulado pelo público, inclusive por crianças (forçadas a esse ato).

Nas últimas semanas, instituições vem usando o termo: ‘CULTURA’ para promover a pedofilia como sinônimo de artes, a peça de teatro MAM, expoe CRIANÇA, e a faz tocar em um homem pelado foi patrocinada pela Lei Rouanet, é pelo Banco ITAÚ.

Ainda de acordo com os dados do Salic, o MAM captou em 2017 um total de R$ 6.477.359,00. Deste montante, R$ 4.000.000,00 (61,75% do total) foram destinados pelo Itaú, sendo R$ 3.500.000,00 por meio de diversas empresas.

A prática desse crime, merece repúdio da sociedades, repressão e punição.

EUA declararam guerra, diz Coreia do Norte

0

Governo norte-coreano afirmou que tem o direito de tomar contramedidas, incluindo derrubar bombardeiros estratégicos dos EUA

O ministro das Relações Exteriores norte-coreano, Ri Yong Ho, acusou nesta segunda-feira o presidente americano, Donald Trump, de “declarar guerra” à Coreia do Norte, e ameaçou derrubar os bombardeiros dos Estados Unidos que se aproximarem do país.

No sábado, bombardeiros americanos voaram próximo à região costeira norte-coreana para enviar uma “mensagem clara” a Pyongyang, segundo o Pentágono.

“Todos os Estados-membros (da ONU) e o mundo inteiro devem claramente recordar que foram os Estados Unidos que declararam primeiro a guerra ao nosso país”, afirmou o ministro a repórteres em Nova York, onde participa da Assembleia Geral da ONU.

“Desde que os Estados Unidos declararam uma guerra ao nosso país, temos o direito de adotar medidas, inclusive de abater bombardeiros estratégicos, mesmo que não estejam em nosso espaço aéreo”, acrescentou o chanceler.

As operações militares americanas de sábado “foram realizadas no espaço aéreo internacional, em águas internacionais. Nós temos o direito de voar, navegar e operar em todos os lugares onde é legalmente permitido”, respondeu o porta-voz do Pentágono, Robert Manning.

Perguntado se os Estados Unidos continuariam com suas demonstrações militares, ele lembrou os compromissos de defesa com a Coreia do Sul e o Japão. “Se a Coreia do Norte não encerrar suas ações provocativas, ofereceremos ao presidente opções para esse país”, acrescentou.

No sábado, diante da Assembleia Geral da ONU, Ri Yong Ho já havia denunciado as declarações de Donald Trump contra o seu país, chamando-o de “demente” e “megalomaníaco”.

Em seu primeiro discurso nas Nações Unidas, o presidente americano ameaçou “destruir totalmente” a Coreia do Norte caso o país atacasse os Estados Unidos.

Estas trocas verbais de rara violência no palanque de uma instituição que deveria garantir a paz e a segurança no mundo provocaram muitos pedidos de calma, principalmente de Moscou.

“Quando temos um agravamento da tensão, da retórica, então temos um risco de erro” que pode levar “a mal-entendidos”, reagiu nesta segunda-feira o porta-voz da ONU, Stephane Dujarric. “A única solução é uma solução política”, insistiu.

Irresponsabilidade

Na sexta-feira na ONU, o chanceler russo, Sergei Lavrov, pediu que “as cabeças quentes esfriassem”. Ele defendeu uma “abordagem razoável e não emocional, ao invés de uma sala de aula onde as crianças brigam sem que ninguém possa detê-las”, disse ele.

Em uma entrevista realizada no domingo, ele alertou contra “uma catástrofe imprevisível” em caso de derrapagem entre os dois países. Segundo ele, a crise atual só pode ser resolvida através de “carícias, sugestões e persuasão”.

Em pouco mais de um mês, o Conselho de Segurança da ONU aprovou duas séries de sanções econômicas (em 5 de agosto e 11 de setembro) cada vez mais severas para forçar Pyongyang a retornar à mesa de negociação.

As discussões entre as principais potências e a Coreia do Norte sobre seus programas armamentistas foram interrompidas em 2009.

Washington adicionou novas sanções econômicas unilaterais em 21 de setembro.

Diante de Donald Trump, a Coreia do Norte parece querer responder a cada gesto com testes nucleares e lançamentos de mísseis balísticos.

No sábado, o ministro norte-coreano justificou o desenvolvimento de armamentos de seu país pelo medo de um ataque americano. “A razão profunda pela qual a Coreia do Norte possui armas nucleares está ligada aos Estados Unidos. Devemos aumentar nossa força nuclear para alcançar o nível dos Estados Unidos”, disse ele.

“Nossa força nuclear nacional é dissuasiva para acabar com a ameaça nuclear dos Estados Unidos e evitar uma invasão militar” americana. “Nosso objetivo é estabelecer um equilíbrio de poder com os Estados Unidos”, insistiu, afirmando que seu país era um “Estado nuclear responsável”.

Na semana passada, a Coreia do Norte ameaçou testar uma bomba de hidrogênio no Oceano Pacífico. Seria “uma manifestação chocante de irresponsabilidade”, segundo o secretário de Defesa dos Estados, Jim Mattis.

RN chega a marca de quase 2 mil homicídios em 2017

0

Da Tribuna do Norte – O Rio Grande do Norte registrou 1.801 homicídios desde o início de 2017, um aumento de 27% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo o relatório divulgado hoje pelo Observatório da Violência Letal Intencional (Obvio) – instituto que contabiliza crimes contra a vida no estado.

Do total de delitos, cerca de 26% ocorreram em Natal, que já registra 470 Condutas Violentas Letais Intencionais (CVLI), termo usado pelo instituto para classificação de homicídios, latrocínios, feminicídios e outros crimes que resultam na morte da vítima.

Nesse aspecto, o bairro mais violento do capital potiguar é Nossa Senhora da Apresentação que registrou 13,8% das CVLIs ocorridas em Natal, seguido de Lagoa Azul (8,5%) e Felipe Camarão (8,3%).

Os outros municípios do Estado com maior número de homicídios registrados são Mossoró com 168 mortes, Ceará Mirim (123) e Parnamirim (113). Considerando a relação com o número de habitantes, Extremoz é o município com maior taxa de Condutas Violentas Letais Intencionais, com 168 crimes contra a vida a cada 100 mil habitantes, número três vezes maior que a média estadual, que registra 51 homicídios a cada 100 mil habitantes.

Porto do Mangue – A cidade das Dunas

0

Hospede-se na Dunas Pousada, diárias a partir de R$ 95,oo

PORTO DO MANGUE – A cidade das dunas!

O destino reúne falésias, dunas, sertão, coqueiros, povoado pitoresco, salinas, trilhas, rio e mar. A 90 km de Mossoró e a 350 km de Natal, na região da Costa Branca, uma belíssima e inusitada região no extremo litoral norte do Rio Grande do Norte, conhecida pela sua beleza natural e a hospitalidade dos seus moradores.

Porto do Mangue fica no Oeste Potiguar, onde estão localizadas os mais belos e inusitados cartões postais da região como as Dunas do Rosado, as Falésias (Unico lugar no mundo onde o sertão encontra o mar) e Praia da Pedra Grande, a Ilha da Costinha, o Rio das Conchas, salinas, manguezais, trilhas ecologicas e de aventura…

Na comunidade do Rosado, onde se localizam o segundo maior banco de dunas do país, são dunas diferentes, com belíssimas nuances de cores, destacando-se a cor rosada, em que o contraste do vermelho das falésias com a cor rosada das dunas e do azul do mar, confere ao lugar um cenário de paraíso, as Dunas do Rosado se estendem por cerca de 20 km. O lugar já foi usado como cenário para a novela Flor do Caribe, da Rede Globo. A praia é calma e oferece um ótimo banho de mar. Às margens, existem algumas barracas que servem água de coco, aquela cerveja gelada e um bom peixe com macaxeira frita e uma deliciosa peixada,

No alto de suas falésias está o farol da marinha, construído em 1898. Perto dali, seguindo uma trilha, chega-se às tNo alto de suas falésias está o farol da marinha, construído em 1898. Perto dali, seguindo uma trilha, chega-se às três cruzes de madeira, encravadas à beira da falésia para a produção do filme “Maria: Mãe do Filho de Deus”, tornando-se depois um famoso ponto turístico. No local, pode-se observar vegetação típica da Caatinga, como xique-xiques e mandacarus espinhosos. É onde o sertão encontra o mar.

Ao lado das Falésias, está a comunidade da Pedra Grande, ainda pouco conhecida do litoral potiguar, lá é possivel degustar uma deliciosa galinha a cabidela que dágua na boca, além de outras comidas típicas da região. A rusticidade e a atmosfera bucólica fazem de Porto do Mangue um destino imperdível para quem busca tranquilidade.

Tá esperandop o que para desfrutar de tudo isso e muito mais?

Venha conhecer Porto do Mangue – A cidade das Dunas, entre em contato ou faça sua reserva através do booking ou entre em contato pelo WhatsApp: (84) 988824341.

Adriano Azevedo promete no ‘Concurso Canto da Cidade’

0

Adriano Azevedo, um jovem que começou a cantar na igreja, onde deu seus primeiros passos no mundo da música. Ele está sempre ligado no meio artístico é uma figura pública dono de um carisma inigualável e sem contar no seu lado cômico onde vitaliza o seu perfil do Facebook com postagem divertidíssimas.

Adriano tem fortes influências na música umas delas são: Priscila Sena ( Banda Musa) , Tayara Andreza ( Ex Banda Torpedo) Pablo do Arrocha e o grupo de pagode Nosso Sentimento. Atualmente Adriano tem planos de projetos musicais, “é um sonho que sempre quiz…” ( afirma ).

Ele quer está participando de um concurso de canto na cidade de Porto do Mangue onde mora e promete decolar seus a partir do mesmo “Seria tipo a inauguração do meu projeto musical” ( afirma Adriano).

Então é isso, é aguardar pra ver , e dá muita força a esse jovem que tem esse sonho de seguir no mundo da música. Contamos com o apoio de todos.

Unidade móvel do Senac inicia cursos de capacitação

0

A iniciativa da Secretaria Municipal de Turismo que tem a frente como titular, Flávio Felipe, serão beneficiados 60 pessoas, que poderão escolher entre os cursos: Auxiliar de Cozinha, Técnicas de Preparo para Lanches e Sanduíches, Aperfeiçoamento de Bolos e tortas e Técnicas de Produção de Sobremesa. Os quatro cursos vão ser ministrados durantes os meses de Setembro à Dezembro na Unidade Móvel de Senac que se instalou na cidade.

Na solenidade de lançamento que ocorreu na ultima noite desta terça-feira, 19,na Câmara Municipal de Vereadores, o prefeito Sael Melo (PHS) ladeado do Conselheiro do Senac, Eduardo Martins, do secretário de Turismo Flávio Felipe, vereadores, alunos e outros, agradeceu a parceria dizendo “…Não medirei esforços para que o número maior de pessoas sejam capacitadas profissionalmente e assim desenvolver seus próprios negócios”.

Já o secretário de Turismo, Flávio Felipe, falou sobre a importância do Programa, que chega para proporcionar a inserção de mais pessoas no mercado de trabalho, o que vem sendo uma prioridade da gestão desde o inicio do ano. “Em virtude da importância econômica do turismo do município, esta parceria trará grande impacto
para a cidade”, disse.

Destaque na FICRO 2017

Na 29ª edição da Feira Industrial e Comercial da Região Oeste – FICRO 2017, que aconteceu de 13 a 16 de setembro, na Estação das Artes Poeta Elizeu Ventania, em Mossoró, o município de Porto do Mangue foi destaque através do seu stand de exposição.

Acompanhado do secretário de Turismo, Flávio Felipe, o gestor municipal, Sael Melo (PHS), esteve presente a exposição. O evento serve para divulgar os diversos serviços que  a indústria e empresas ofertam aos potiguares.

O evento também serviu para para mostrar que está sendo retomando o crescimento. 

Estatuto do Desarmamento pode ser revogado, Senado lança consulta pública.

0

Mais de 14 mil brasileiros já se manifestaram na consulta pública que está sendo realizada pelo site do Senado sobre o Projeto de Decreto Legislativo 175/17, que propõe a revogação do Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03). Por volta das 19h, 13.627 pessoas tinham votado a favor da proposta e 690, contra.

Apresentado no último dia 5, o projeto está na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aguardando a indicação de relator. A consulta no site do Senado deve permanecer aberta enquanto a proposta tramitar na Casa.

O projeto apresentado pelo senador Wilder Morais (PP-GO) propõe a realização de um plebiscito, junto com as eleições gerais do ano que vem, para que a população se manifeste sobre a liberação do porte de armas de fogo para cidadãos residentes em áreas rurais e a revogação do Estatuto do Desarmamento e sua substituição por um instrumento normativo que assegure o porte desse tipo de arma pessoas que preencham determinadas regras.

O texto prevê a realização de campanha pela Justiça Eleitoral no rádio, na televisão e na internet para esclarecer a população sobre o plebiscito e garantir espaço idêntico para manifestações a favor e contra a revogação do Estatuto do Desarmamento e a liberação do porte de armas.

“Após observar diversos dados do nossa Política Nacional de Segurança Pública, notei que é chegado o momento de fazermos uma reflexão sobre a questão do direito de defesa em nosso país e, para isso, a população deve ser consultada diretamente. Nós iremos solicitar a presença de pessoas da sociedade civil para discutir a questão no Parlamento”, justificou o senador na apresentação do projeto.

Segundo Wilder Morais, mais de dez anos após a promulgação do Estatuto do Desarmamento, não há dados objetivos que indiquem redução dos índices de violência. “Pelo contrário, desde a entrada em vigor daquela Lei, o número total de homicídios no Brasil aumentou 20%, atingindo a preocupante marca de 60 mil assassinatos por ano”, argumentou o autor da proposta.

- publicidade -