Apesar de acesso precário’Dunas do Rosado’ passou a ser Área de Preservação Ambiental

Trecho da RN 404 que liga Porto do Mangue às Dunas do Rosado

PRAIA DO ROSADO / PORTO DO MANGUE – A 250 km de Natal, está localizado o maior conjunto de dunas móveis-coloridas do estado despontando de altíssimo potencial turístico, e que já serviu até de cenário para produções cinematográficas nacionais.

Apensa de toda a beleza singular, importância ambiental e turística para a região da Costa Branca, não oferece estrutura mínima de acesso e permanência.

Na última quinta-feira, 22, na capital do estado, o ‘lesado’ do governador homologou a criação da APA-Área de Preservação Ambiental – Dunas do Rosado, até aeeê tudo bem, necessário.

Para o turismo ser desenvolvido numa determinada região é preciso a existência de itens básicos como: Acesso, equipamentos que ofereçam alimentação, hospedagem, entretenimento. No primeiro quesito a região já é descartada vejamos:

Resultado de imagem para rn 404 caos
Trecho da RN 404 que liga Pendências à Porto o Mangue

Recentemente um grupo de moradores da vizinha cidade, Pendências se uniram em um verdadeiro mutirão“Tapa Buracos”, localizados no trecho da RN 404, que liga Pendências a Porto do Mangue…mais adiante tem aproximadamente um trecho de 12 km que liga Porto do Mangue às Dunas do Rosado – Praia do Rosado -Ponta do Mel -Areia Branca, esse tema a situação ainda pior, além das crateras abertas, as Dunas avançam a toda velocidade sobre a pista.

A iniciativa de criação da APA é mais que louvável, necessária e merece aplausos, no entanto é preciso muito mais para tornar a região turisticamente desenvolvida.

Acorda governador @robinsonfaria.

MKT, CEO do site O Portomanguense, estudante de Administração na Universidade Maurício de Nassau…

Ex-vereador Carlinhos do Rosado é entrevistado no Jornal da Costa Branca

O ex-vereador e sindicalista Carlinhos do Rosado, foi entrevistado na rádio FM Costa Branca 104.4 pelo apresentador-blogueiro Jailton Rodrigues. Na ocasião, Carlinhos foi indagado sobre diversos temas, dá eleição do sindicato à futuras eleições políticas estadual e municipal.

Carlinhos do Rosado, veterano na política portomanguense, iniciou sua vida pública-política através dos movimentos estudantis e sindicais, ingressando na disputa política e obtendo sucesso, cumprindo três mandatos na Câmara de Vereadores de Porto do Mangue.

Como já afirma alguns populares, assim como o ex-prefeito, (Carlinhos) é o vereador de férias.

Para acompanhar a entrevista que vai ao ar nesta terça-feira, 20, a partir do meio dia, clique AQUI.

Fundado em 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.

2018 começa agora

PORTO DO MANGUE – Depois da queima dos fogos de artificio do fim de ano seguido das farras carnavalescas, parece que o ano de 2018 vai começar.

Um ano que terá muito a dizer principalmente porque é ano de Eleição, sim, mas antes tem a Copa do Mundo, o que não afastará as atenções do mundo político.

Preocupações para uns, outros nem tanto.

A verdade é que o polítermetro ( termômetro político) já está posto, apesar de um cenário ainda incerto.

Vamos aguardar um pouco mais.

MKT, CEO do site O Portomanguense, estudante de Administração na Universidade Maurício de Nassau…

Eleições 2018, vereadores candidatos ficam de fora da ‘janela partidária’

Os vereadores que pretendem disputar outros cargos eletivos nas eleições deste ano não poderão trocar de partido aproveitando a “janela partidária”, sem o risco de perder seus mandatos. É que a legislação eleitoral estabelece que a janela partidária aberta em 2015, vale apenas para políticos com cargos eletivos proporcionai que estão em último mandado. Nessa condição estão enquadrados os deputados estaduais e federais.

Vereadores que ainda têm mais de dois anos de mandato pela frente poderão perder suas vagas no Legislativos para seus partidos de origem caso troquem de legenda. Caberá aos tribunais a definição final, mas o ministro Luiz Fux na presidência do TSE a tendência é mais legalista, restringindo mais opões.

A dificuldade maior é que a lei produzida em 2016 não considerou os vereadores que poderiam trocar de partido para concorrer nas proporcionais de 2018. E, não estando em término de mandato, não poderão usufruir dessa facilidade em mudar de legenda.

Em 2007, o Tribunal Superior Eleitoral e o Supremo Tribunal Federal decidiram que a infidelidade partidária é causa de perda de mandato eletivo. Se o titular o mandato eletivo, sem justa causa, sair do partido político no qual foi eleito, perderá o cargo que ocupa.

Em 2015, o Congresso Nacional editou nova lei tratado sobre “infidelidade partidária” e criando a chamada “janela da infidelidade”. Com ela, os deputados podem mudar de sigla sem correr o risco de perder o mandato, se o fizerem um mês antes do prazo final para filiação.

Por outro lado, os senadores entenderam que sendo eleitos em pleito majoritário, não estão sujeitos às regras de infidelidade, alegando que seus mandatos não pertencem aos partidos aos quais estão filiados.

Fundado em 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.

Jair Bolsonaro – O inimigo comum das elites econômicas, políticos e da mídia brasileira

2º colocado nas pesquisas de intenção de votos, Jair Messias Bolsonaro se tornou o inimigo número um da grande mídia. Ele é visto como o “Trump” brasileiro e se depender de como as coisas andam na imprensa nacional pode ter o mesmo destino que o americano, tornando-se o novo Presidente do Brasil.

2018 começou com punhos de ferro, ao menos na imprensa. Grandes veículos que até então pareciam ser de informação passaram a se dedicar quase exclusivamente a militância política, abandonando de uma vez por todas o jornalismo imparcial e informativo.

Jornais de grande porte como a Folha de São Paulo, Estadão ou revistas como a VEJA, EXAME, ÉPOCA ou ISTOÉ, que são essencialmente de – informação – e não de opinião, iniciaram uma campanha frenética de matérias atacando o pré-candidato Jair Bolsonaro que vem chamando atenção até mesmo dos seus adversários.

O fato é que não são denúncias objetivas, por exemplo, de caráter judicial, envolvendo corrupção ou outras questões diretamente relacionadas à vida pública, mas dados sobre questões na sua maioria irrelevantes para o contexto atual, deixando evidente a intenção de manipular os fatos, ainda que mínimos, para prejudicar a imagem do deputado perante seus eleitores.

Uma pequena revisão das últimas publicações dos veículos citados acima, especialmente nas redes sociais, vai lhe dar uma noção precisa desse acontecimento. Jair Bolsonaro é o nome que aparece diariamente, as vezes em sequência e em questão de minutos, em matérias que parecem terem sido feitas sob encomenda e distribuídas orquestradamente para todos os grandes veículos.

O que chama atenção não é a replicação das notícias, o que é comum, mas sim a superficialidade das “informações” e o caráter manipulador dos conteúdos.

Para quem acompanha os noticiários assiduamente, percebe uma ação coordenada envolvendo jornais, revistas, TVs, partidos políticos, personalidades e mídias que agora vêem se revelando cada vez mais partidárias, na intenção de desconstruir a imagem de Jair Bolsonaro perante seu eleitorado, enquanto, por outro lado, tentam favorecer outros candidatos.
Continue lendo “Jair Bolsonaro – O inimigo comum das elites econômicas, políticos e da mídia brasileira”

Fundado em 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.

Papa Francisco é um dos homens mais odiados do mundo, diz Jornal frances

Em uma grande reportagem publicada pelo jornal The Guardian, o repórter Andrew Brown investiga os bastidores do Vaticano, repletos de críticas, medos e muita inveja. No centro de tudo, um papa diferente: Jorge Bergoglio.

O texto, datado de sexta-feira, 27, e disponível no site do jornal, diz que o papa Francisco é um dos homens mais odiados do mundo hoje. Não por ateus, protestantes ou muçulmanos. Mas por alguns de seus próprios seguidores.

Francisco vem revolucionando e conquistando o mundo. Primeiro papa sul-americano e jesuíta. Inovou enxugando o número de funcionários do Vaticano, apareceu dirigindo um Fiat e carregou as próprias malas. Lavou pés de refugiados. Sobre os homossexuais, ele disse: “Quem sou eu para julgar?”.

Novidades demais para uma religião tão afeita a tradições e dogmas. Os conservadores o odeiam. Como admitiu um religioso ao jornalista do Guardian: “Estamos aguardando ansiosamente a sua morte. É impublicável o que conversamos entre nós. Os cardeais se reúnem e comentam como Bergoglio é odioso. É um Calígula, se tivesse um cavalo, faria dele um cardeal”. O termo heresia é frequente nesses encontros.

Divórcio e homossexualismo

Resultado de imagem para papa franciscoAndrew Brown lembra que a crise atual é a mais séria desde a cisão dos anos 1960, quando um pequeno grupo de extremistas conservadores, liderados pelo arcebispo francês Marcel Lefrebvre, se afastou da Igreja. Um arcebispo do Kazaquistão, diz que a visão de Francisco sobre divórcio – o papa é a favor da comunhão para divorciados – e o homossexualismo são como “a fumaça de Satã” invadindo o catolicismo.

“A Igreja Católica passou a maior parte do século passado lutando contra a revolução sexual, contra a democracia do século 19”, lembra o jornalista, “defendendo uma causa impossível de absolutismo, onde todo o tipo de contracepção artificial é proibida, assim como o sexo fora de um casamento para a vida toda”.

A extensa reportagem analisa a crise da religiosidade e do catolicismo, fortemente abalado pelos escândalos financeiros e de pedofilia. O papa ousa, mas também sofre que as pressões, avalia o texto. Para que as mudanças trazidas por Francisco sejam duráveis, a igreja precisa aceitá-las, acredita o autor. Bergoglio já tem 80 anos, lembra Brown. “O futuro da Igreja Católica depende do próximo papa”, conclui.

Fundado em 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.

Os ‘votos’ que prejudicaram todos os universitários

Nos últimos dias, a classe estudantil universitária vem passando por um ‘aperreio’ só, motivado pela falta do ônibus para o deslocamento dos mesmos.

De acordo com algumas informações de fontes (não oficiais), mas que estão ligadas a gestão, o problema ocasionado é por conta de uma peça que não tem no mercado local e é necessário comprar em outro Estado, para que assim possam concertar o ônibus.

Pois bem.

O voto do prejuízo

Alguns meses se passou e lembro-me como se fosse hoje, uma quarta-feira, dia de Sessão na Câmara de Vereadores, na qual o vereador Juscelino Gregório (PPS), apresentou o Projeto de Lei 002/2017, que GARANTIA AOS ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS E CURSISTAS o direito ao transporte público, irrestrito e sem prejuízos aos mesmos.

O primeiro embargo ocorreu na Comissão de Constituição e Justiça-CCJ, presidida pelo vereador Jailson Fernandes, relatoria de Aclécio Santana e membro Jean Maia, – a decisão foi contrária ao que esperava uma parcela dos estudantes.

Apesar do voto contra, dos vereadores: Jailson Fernandes (PSD), Aclécio Felipe (PHS) e Jean Maia (SD); o vereador Nivaldo Cristiano (SD), solicitou vistas ao Projeto (com o objetivo de ganhar tempo e os mesmos refletirem sobre o voto que foi dado), apesar de todos os argumentos apresentados por Nivaldo, na Sessão, os vereadores, irredutivelmente, se quer apresentaram alguma emenda ao Projeto de Lei, que visava apenas beneficiar a classe estudantil e votaram contra

Os vereadores:  Aclecio Felipe (PHS), Junior Bola (PSB) e Jailson Fernandes (PSD); Apenas os vereadores Juscelino Gregório (PPS), autor do Projeto e Nivaldo Cristino (SD) votaram a favor dos estudantes, já os vereadores (Jean Maia (SD) e Alciene Rodrigues (PMDB) resolveram não comparecer para votar o PL, prejudicando assim, a todos os estudantes.

O mais estranho e decepcionante de tudo isso que já era esperado, digo isso porque temos uma parcela da Câmara, capenga e retrograda, foi saber e ouvir de alguns ‘universitários’ a expressão de que não precisava de Lei porque o prefeito já dava o ônibus – sem obrigação.

MKT, CEO do site O Portomanguense, estudante de Administração na Universidade Maurício de Nassau…

A esperança da política está na participação da juventude

O que mais tem sido dito é que a política precisa de renovação. Assistimos os velhos costumes que existem desde a época de Getúlio ou da colonização. Mudar é preciso, sem dúvida. Mas a renovação requer bem mais que a troca de nomes, além disso, é fundamental que mudem os sobrenomes ou apadrinhamentos.

É notório que a política ganha novos personagens a cada ano, mas os interesses populares deveriam ir mais além. As práticas na política também devem ser mudadas. É necessário plantarmos sementes e semearmos um futuro digno para nossa cidade, estado e país, que atualmente tem tido um quadro absurdo de escândalos e desvios de dinheiro público.

Deste modo, a motivação com bons exemplos de honestidade e ética que existem ou existiram devem ser resguardadas. O jovem é o oxigênio da vida pública. A formação do caráter é algo que deve ser aprendido desde a Escola. Assim como o bom exemplo de cidadão bem informado. O aluno deveria ter um nicho de formação política a ser conferido pelas transformações sociais inerentes da vida humana. Só e apenas desta forma, por meio da educação e do conhecimento, sem emoções, ódio ou paixão, o cidadão poderá tomar decisões políticas coerentes com as necessidades do todo.

O universo político é mais abrangente que um simples pleito eleitoral. O sistema está dentro do nosso cotidiano. O preço do tomate para a dona de casa, o aumento dos impostos para o empresário, o sistema educacional para os jovens e a saúde dos idosos. Exemplos práticos do quanto devemos ter uma postura digna de boa cidadania com acompanhamento continuado do cenário político.

É triste ver milhares de jovens desestimulados com a política. No entanto, torna-se plausível pela quantidade de obras superfaturadas e partidos sem constituição popular de ideologia. Mas não existe momento melhor que o atual para começarmos a revertermos o quadro. Respiramos política para todos os lados. Desde o ginásio ao diploma na graduação. A utopia da juventude pelas mudanças dignas é o esteio de uma sociedade decente.

MKT, CEO do site O Portomanguense, estudante de Administração na Universidade Maurício de Nassau…

Sael Melo fala sobre ‘racha’ com o vice, Magnus

Em Carnaubais, por ocasião das comemorações dos 53 anos da emancipação, políticos da região e da capital do Estado, estiveram presentes, o governador Robinson Faria (PSD), deputados e de Porto do Mangue, o prefeito Sael Melo (PHS), que aproveitou o evento para falar sobre o momento político na cidade.

Ao blogueiro da cidade de Carnaubais, Aluizio Lacerda, disse:

De acordo com Aluizio, Sael Melo disse que seu companheiro vinha servindo de complicador em algumas ocasiões.

“Magnus vinha falando uma linguagem diferente do restante do grupo que lhe apoia, nada de positivo era por ele enxergado, preferia dá ouvidos as opiniões contrárias ao seu governo e como quem quis se distanciar foi ele”.

“Simplesmente acatei seu distanciamento, de uma vez que ele próprio dizia que na eleição do próximo ano ia saber quem tinha voto na cidade. Como este rompimento já tinha uma data prevista, apenas (eu) antecipei o seu desejo, quando exonerei seu filho Marlon Victor da secretaria de esportes”, Sael Melo, concluiu a conversa com o blogueiro.

⇓Desencontros

O vice-prefeito Magnus Domingos (PR), também esteve presente ao evento, ele, amicíssimo do prefeito carnaubaense, Dr. Thiago Meira (PSDB).

Ambos (sael & Magnus), prefeito e vice, de Porto do Mangue participaram do evento e posaram para fotos, só que não nas mesmas fotos.

O racha afastou os dois frontalmente.

⇒Conta

Nesta semana, mais uma bomba estremeceu as bases do Palácio José Nazareno do Nascimento (Sede da Prefeitura), é que chegou para o atual gestor uma fatura das gestões de dos ex´s-prefeitos Zé Domingos (In Memoria) e de Chico de Pereira.

De acordo com as informações, a divida trabalhista chega a quase R$ 1 milhão. 

MKT, CEO do site O Portomanguense, estudante de Administração na Universidade Maurício de Nassau…

Alerta aos pais: A Base Nacional Curricular quer ensinar para seus filhos que gênero sexual não existe

Não é surpresa o fato de que os nossos estudantes são os mais “politizados” do mundo e, ao mesmo tempo, se revelam os mais incompetentes em operações básicas de Matemática, iletrados e insuficientes em conhecimentos de Geografia e História.

Todos os exames internacionais atestam que os estudantes brasileiros estão entre os mais atrasados do mundo em todos os campos de conhecimento, sob qualquer ponto de vista, considerando qualquer parâmetro de análise de evolução intelectual.

Os engenheiros sociais de Brasília trabalham arduamente para emburrecer nossos jovens e doutriná-los de acordo com as últimas teorias sobre sexualidade concebidas por militantes disfarçados de especialistas em suas torres de marfim que chamamos de universidades.

A última cartada dos fazedores de idiotas diplomados é a tentativa de criação de um sistema nacional e centralizado de educação por meio da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), um expediente que, registre-se, é flagrantemente inconstitucional.

A Constituição e a Lei de Diretrizes e Bases (LDB) vetam qualquer possibilidade de criação de um sistema de educação centralizado, determinando que os municípios e estados tenham autonomia para gerir seus sistemas próprios de educação.

Goela abaixo

Mas o respeito pela lei e pela Constituição nunca foi o forte dos engenheiros sociais, muitos deles lotados no Ministério da Educação do governo Temer. Eles querem controlar cada aspecto da educação sem passar pelo filtro das comunidades e dos pais dos alunos.

Sem surpresas, BNCC é mais uma plataforma de doutrinação ideológica que visa desconstruir toda a educação moral que crianças e adolescentes recebem de seus pais.

Em sua face mais hedionda, a Base Nacional Comum Curricular é mais uma tentativa canalha de enfiar a Ideologia de Gênero goela abaixo nos estudantes de todo o Brasil.

Todo o lixo ideológico que barramos nos Planos Municipais de Educação (PME’s) está de volta agora e de maneira multidisciplinar: da aula de Artes até a aula de História, basicamente, todas as disciplinas terão de abordar a temática de gênero nas salas de aula.

Neste vídeo do Centro dom Bosco você pode entender em pormenores o grau de comprometimento ideológico da BNCC, assim como a inconstitucionalidade da proposta que, na prática, cria um sistema centralizado de educação nacional.

MEC não se importa em alfabetizar crianças

Ao mesmo tempo em que dá total importância à promoção da Ideologia de Gênero, o MEC admite, publicamente, que não está muito interessado na alfabetização das crianças.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, o representante do Conselho Nacional de Educação, Cesar Callegari, explicou que “a antecipação da alfabetização de crianças ficará de fora da versão final da Base Nacional do Ensino Infantil e Fundamental” porque:

“Nós já aprendemos, a ciência nos ensinou, que talvez um grande mal que podemos fazer nas nossas crianças é produzir um estresse tóxico. propor objetivos e metas que elas têm dificuldade em atingir”.

Ou seja, o Conselho Nacional de Educação, que revisa a proposta do MEC, entende que a alfabetização é um processo que exige demais das crianças e deve ser deixado de lado.

Alfabetização não interessa. O importante é ensinar para meninos e meninas que gênero sexual não existe e que eles podem dividir o banheiro sem nenhum constrangimento.

É isso: não querem alfabetizar seu filho; apenas doutriná-lo!

Não importa dar-lhe os subsídios para que ele conquiste a autonomia intelectual. O que importa é transformá-lo em um semianalfabeto politicamente correto, repetidor de chavões progressistas, enfim, uma réplica ainda mais iletrada de militante esquerdista.

Quando perguntarem o que está errado com a BNCC, você já sabe resposta: tudo!

Fundado em 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.