Justiça

Facção Criminosa pode estar envolvida no atentado a Bolsonaro

0

A facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) pode estar envolvida na tentativa de homicídio contra Bolsonaro.

Fontes da Polícia Federal dizem que o relatório da investigação do atentado contra Bolsonaro faz menção a um eventual envolvimento do, acredite, PCC no crime.

Os policiais consideram a hipótese de a facção estar financiando a defesa de Adélio Bispo de Oliveira.

“Estamos trabalhando com todas as possibilidades”, disse um investigador que trabalha no caso à revista Crusoé.

Fundado em outubro de 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.

Publicidade:

Haddad Lula sabia da existência do ‘Caixa 2’, afirma delatora da Lava Jato

0

A publicitária Mônica Moura afirmou em delação premiada à Força Tarefa da Lava Jato que o candidato à Presidência Fernando Haddad (PT), sabia do uso de caixa 2 na campanha à Prefeitura de São Paulo em 2012.

O depoimento integra o acordo de delação feito com o Ministério Público Federal. Com base nas informações foi aberto um inquérito ainda em andamento na Procuradoria da República em São Paulo.

Mônica Moura e João Santana, eram os marqueteiros do PT que fizeram as campanhas de Lula e Dilma. Eles também atuaram na campanha de Haddad à Prefeitura de São Paulo, em 2012.

Na delação, os marqueteiros apontaram que ao menos R$ 20 milhões entraram na campanha do petista em valores não declarados, sendo que R$ 15 milhões foram pagos pela Odebrecht.

Atualmente, eles cumprem prisão domiciliar em Salvador. O acordo foi homologado pelo Supremo Tribunal Federal em 2017. No anexo 7, constam as denúncias contra Haddad.

Veja abaixo a íntegra do depoimento da publicitária à PF

Fundado em outubro de 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.

Publicidade:

Corrupção: Haddad tem seu tesoureiro alvo de inquérito da PF

0

Fernando Haddad nomeou Francisco Macena como seu tesoureiro.

Ele é alvo de inquérito da PF por ter financiado a campanha do poste em 2012 com dinheiro do departamento de propinas da Odebrecht.

“A acusação”, diz o Estadão, “foi feita por Mônica Moura, mulher do marqueteiro João Santana. Em delação premiada, ela relatou reunião com Antonio Palocci, João Vaccari e Francisco Macena na qual ficou combinado que, da conta de 30 milhões de reais no primeiro turno, 10 milhões de reais seriam pagos por fora pela Odebrecht.

Fundado em outubro de 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.

Publicidade:

Polícia Federal vai concluir 1º inquérito sobre o atentado à Bolsonaro

0

A Polícia Federal deve concluir na próxima semana o inquérito sobre o ataque ao candidato Jair Bolsonaro (PSL).

O relatório final do caso deve apontar que Adélio Bispo atuou sozinho ao atacar Bolsonaro durante uma agenda de campanha na cidade de Juiz de Fora (MG).

Como mostrou o Estado, por causa do réu preso, esse primeiro inquérito tem um prazo menor para ser encerrado.

A PF continuará a investigação em um novo inquérito a ser instaurado que vai analisar novamente todas as informações coletadas e fazer uma devassa nos dois últimos anos da vida de Bispo.

Bispo, atualmente preso na penitenciária de segurança máxima de Campo Grande (MS), será enquadrado no artigo 20 da Lei de Segurança Nacional que fala sobre a “prática de atentado pessoal” por “inconformismo político”.

Todos os equipamentos encontrados com ele, HDs dos computadores da lan house que ele frequentou em Juiz de Fora (MG), imagens de câmeras da cidade e o sigilo financeiro continuarão a ser investigados em novo inquérito a ser aberto. O objetivo da PF nesse novo inquérito é realizar uma devassa nos últimos dois anos da vida de Bispo para esgotar todas as frentes de investigação.

ESTADÃO CONTEÚDO

Fundado em outubro de 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.

Publicidade:

STF nega pedido do PT e quer substituição imediata de Lula

0

PT tem até terça-feira para substituir Lula por Haddad

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, decidiu na noite deste domingo (09) encaminhar ao Supremo Tribunal Federal (STF) o recurso extraordinário apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) contra a decisão do TSE que negou o seu registro como candidato.

Por outro lado, a ministra manteve esta terça-feira (11) como a data-limite para a substituição de Lula, negando a prorrogação que a defesa insistiu para obter até o dia 17.

Se não trocar Lula por Fernando Haddad até a noite da terça-feira, o PT pode ficar sem coligação nas eleições presidenciais em outubro.

“O simples enunciar das teses debatidas pelo colegiado evidencia
relevante questão constitucional a recomendar juízo positivo de
admissibilidade ao recurso extraordinário, com a consequente submissão do feito à análise da Suprema Corte brasileira”, escreveu Rosa em sua decisão que admitiu a admissibilidade.

Fundado em outubro de 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.

Publicidade:

Lula está fora da corrida pela Presidência da República

0

Por seis votos a um, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) barrou a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Assim ele não poderá mais tentar voltar ao cargo de presidente da República, que ocupou entre 2003 e 2010.

Foi dado um prazo de dez dias para o PT registrar um substituto para Lula. O escolhido deve ser o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, vice da chapa.

A maioria dos ministros concordou em aplicar a Lei da Ficha Limpa, segundo a qual condenados em segunda instância não podem ser candidatos.

Essa é a situação de Lula, condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) a 12 anos e um mês de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá (SP).

Fundado em outubro de 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.

Publicidade:

MP denuncia deputado estadual Ricardo Motta por peculato

0

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por intermédio do procurador-geral de Justiça, ofereceu denúncia à Justiça potiguar contra o deputado estadual Ricardo Motta.

A denúncia foi protocolada nesta segunda-feira, 27, junto ao Tribunal de Justiça e ainda está sob sigilo.

Em nota assinada pelo advogado Thiago Cortez, a defesa do deputado disse que somente poderá se pronunciar após ser oficialmente notificada.

Ela é resultado da operação Capuleto, deflagrada pelo MP em maio de 2017, para apurar a prática de crimes decorrentes do desvio de recursos públicos oriundos de convênio firmado entre o Idema e a Fundação para o Desenvolvimento Sustentável da Terra Potiguar (Fundep), em que foi contratada uma construtora para realizar a reforma do Ecocentro, com recursos provenientes de compensação ambiental da empresa Brasventos Eolo Geradora de Energia S/A.

Fundado em outubro de 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.

Publicidade:

Podcasting