Internacional

COREIA DO NORTE ESTÁ PRONTA PARA A GUERRA E JÁ EVACUA SUA CAPITAL

0

Resultado de imagem para coreia do norte em guerra contra os euaAs tensões entre Coreia do Norte e Estados Unidos aumentaram consideravelmente nas últimas horas, e o ditador do país asiático, Kim Jong-un, sugeriu aos jornalistas estrangeiros que vivem por lá que “se preparem para um grande evento”.

Um grande número de jornalistas está na capital Pyongyang para cobrir as comemorações do 105º aniversário de nascimento do fundador da dinastia que comanda o país, Kim Il Sung, no próximo sábado, 15 de abril. O evento, chamado “Dia do Sol”, é a maior data festiva na Coreia do Norte.

Essa afirmação de Kim Jong-un é uma resposta à mobilização militar feita pelo presidente Donald Trump, que está enviando uma armada “poderosa” à península coreana. Há dois dias, o ditador norte-coreano disse que estava preparado para uma guerra contra os Estados Unidos, inclusive com o uso de bombas nucleares.

Fotos de satélite teriam sido obtidas pelo portal 38 North, especializado na Coreia do Norte, estaria finalizando preparativos para seu sexto teste nuclear nesta última quinta-feira, 13 de abril.

A imprevisibilidade das ações de Kim Jong-un estão levando a comunidade internacional a considerar que uma guerra é iminente, já que o ditador teria ordenado a evacuação imediata de 25% da população da capital do país.

EUA A QUALQUER MOMENTO PODE VOLTAR ATACAR

0
O porta-voz Sean Spicer deu a impressão de que EUA podem ampliar o espectro de novos ataques na Síria
O porta-voz Sean Spicer deu a impressão de que EUA podem ampliar o espectro de novos ataques na Síria

EUA ameaçam realizar novos bombardeios, mas declarações confusas da alta cúpula do governo alimentam dúvidas sobre o que os levaria a atacar novamente. Enquanto aliados questionam, presidente silencia.

A julgar pelas declarações de membros de alto escalão do governo, a “linha vermelha” poderia ir além da traçada por Barack Obama em 2012 – ou seja, o uso de armas químicas contra civis, como, segundo denuncia o Ocidente, aconteceu no ataque que matou 89 pessoas na semana passada.

O secretário de Estado americano, Rex Tillerson, por exemplo, declarou na noite de segunda-feira, véspera de uma reunião com o chanceler russo em Moscou, que os EUA vão sair em defesa de civis inocentes onde acharem conveniente.

“Nós nos dedicamos a fazer com que todos aqueles que cometam crimes contra inocentes paguem por isso, em qualquer lugar do mundo”, afirmou Tillerson, durante reunião do G7 na Itália.

Em Washington, o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, disse que Trump deixou bem claro que há “um número de limites que foram ultrapassados na semana passada

“Se alguém jogar gás em bebês, atacar pessoas inocentes com bombas de barris, acho que veremos uma resposta do presidente. Isso é inaceitável”, disse.

ONU DISCUTE HOJE ATAQUES DA SÍRIA

0

O Conselho de Segurança da Organização de Nações Unidas (ONU) irá se reunir nesta sexta-feira às 12h30 (horário de Brasília) para discutir o ataque de mísseis de cruzeiro dos Estados Unidos contra uma base aérea na Síria, disseram diplomatas.

O encontro dos 15 membros do conselho será pública, de acordo com os diplomatas.

O presidente americano, Donald Trump, justificou o ataque afirmando que “usando gás sarin, Assad tirou a vida de homens, mulheres e crianças indefesos”. “Para muitos, foi uma morte lenta e brutal, incluindo bebês assassinados cruelmente”.

“Esta noite ordenei um bombardeio contra a base aérea da qual partiu este ataque. Isto atende aos interesses vitais da segurança nacional dos Estados Unidos, que devem prevenir e deter o uso de armas químicas letais”.

“Não pode haver dúvidas sobre o fato de que a Síria utilizou armas químicas proibidas, violou seus compromissos com a Convenção de Armas Químicas e ignorou as advertências do Conselho de Segurança das Nações Unidas”.

“Peço a todas as Nações civilizadas que se unam a nós para buscar o fim do derramamento de sangue na Síria e também para acabar com o terrorismo, de qualquer tipo”. “Esperamos que enquanto os Estados Unidos defenderem a justiça; a paz e a harmonia prevaleçam no final”.

ATAQUE QUIMICO NA SÍRIA PODE LEVAR OS EUA À GRUERRA

0

Donald TrumpO ataque químico atribuído ao regime do presidente sírio, Bashar al-Assad, voltou a acirrar as tensões entre os Estados Unidos e a Rússia.

Ao menos 86 pessoas morreram na cidade de Khan Cheikhoun, controlada pela oposição, e dezenas foram hospitalizadas. O episódio parece ter alterado a postura do presidente americano em relação ao conflito na Síria.

Após ver as imagens chocantes de crianças sírias sufocadas pelos gases tóxicos, o presidente americano disse, nesta quarta-feira, que sua perspectiva em relação ao conflito na Síria foi alterada, afirmando que o ataque “não pode ser tolerado”.

“Para mim, [o ataque] ultrapassou diversos limites”, afirmou Trump a repórteres na Casa Branca, acusando seu antecessor no cargo de falhar ao tentar impedir a utilização de armas químicas pelo regime sírio.

“Quando se mata crianças inocentes, bebês inocentes, bebês pequenos… isso ultrapassa muitos limites”, disse Trump. “Digo a vocês que já aconteceu, que minha atitude em relação à Síria e Assad mudou muito. Falamos agora de um nível completamente diferente”, afirmou, sem especificar qual deverá ser a reação americana ao ataque químico.

ATAQUE QUÍMICO DEIXA MORTOS E FERIDOS NA SÍRIA

0

Resultado de imagem para ATAQUE NA SIRIA QUIMICOAo menos 58 pessoas, entre elas crianças, morreram num ataque aéreo envolvendo gás tóxico no noroeste da Síria, comunicou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH) nesta terça-feira, 04.

Citando fontes médicas e ativistas, o OSDH afirma que o ataque, executado por aviões não identificados, atingiu a cidade de Khan Cheikhoun, na província de Idlib. A ONG indicou que muitos dos feridos apresentaram sintomas de asfixia, vômitos e dificuldade de respirar. 

O opositor Conselho Local de Khan Cheikhoun declarou via comunicado que houve quatro bombardeios com bombas termobáricas que continham gás cloro e gás sarin, deixando cerca de 200 feridos.

O conselho publicou fotos de várias vítimas, algumas menores de idade, deitadas no chão. Uma delas mostra uma equipe médica jogando água no corpo de um jovem. Ativistas também publicaram fotos nas redes sociais de crianças mortas empilhadas.

PORTO DO MANGUE NO ‘TÔ DE FOLGA’ DO JORNAL HOJE

0
A cidade de Porto do Mangue, localizada na região da “Costa Branca” no Rio Grande do Norte, foi destaque nesta sexta-feira, 24, no quadro ‘Tô de Folga’ do Jornal Hojeque vai ao ar sempre as 13h na emissora Globo.
 
A cidade de Porto do Mangue foi uma entre as três escolhidas do estado para aparecer na telinha do jornal (as outras foram Natal, Galinhos).
 
De acordo com a jornalista que fez a matéria, Giulia Perachi da filiada da Globo, RBSTV, Porto Alegre, juntamente com o cinegrafista Flávio Muniz. A cidade de Porto do Mangue foi escolhida por ter atrativos turísticos singulares, um deles é as dunas rosadas, que já foi local de outras produções da Globo, o nome das dunas identifica a comunidade pesqueira da Praia do Rosado, município de Porto do Mangue.
 
A jornalista Giulia disse ter ficando encantada com tantas belezas em um só lugar, o sertão encontrando-se com o mar. Confira o vídeo a baixo, aproveite e compartilhe;-).

ATENTADO TERRORISTA EM LONDRES DEIXA FERIDOS

0

Um tiroteio fora do Parlamento britânico, em Londres, deixou feridos na tarde desta quarta-feira, 22. A política britânica trata o incidente como um ataque terrorista até que a motivação dos disparos fique clara, segundo a Reuters.

Não há um balanço oficial de vítimas e as informações ainda estão desencontradas. Um susposto atirador foi baleado pela polícia.

A GloboNews afirma que 10 pessoas ficaram feridas. Um fotógrafo da Reuters afirma ter visto cerca de uma dezena de pessoas machucadas na Ponte de Westminster. Já um funcionário do Parlamento disse à Reuters que duas pessoas tinham sido baleadas. Deputados relataram à rede BBC ter ouvido três ou quatro disparos.

O incidente aconteceu após a sessão semanal de perguntas para a primeira-ministra, Theresa May. Ela está em segurança, segundo a France Presse.

A polícia disse ter sido chamada por volta de 14h40, no horário local (11h40, no horário de Brasília). A polícia isolou o local e as atividades parlamentares foram suspensas. Um porta-voz da Câmara dos Comuns indicou à AFP que os deputados foram confinados no interior do Parlamento em função de “um incidente de segurança”.

O caso está sendo tratado até o momento como um incidente com arma de fogo. Não sabe a motivação dos disparos.

Um antigo ministro polonês de Relações Exteriores fez imagens logo após o ataque, segundo a BBC.

 

- publicidade -