Três pessoas morreram durante o temporal que atingiu o município do Rio, na noite desta segunda-feira. No Morro da Babilônia, no Leme, um deslizamento atingiu uma casa e deixou uma mulher morta e outra ferida. A vítima chegou a ser levada para o hospital, mas de acordo com o G1, não resistiu aos ferimentos. Elas seriam irmãs. Na Gávea, o corpo de um homem , ainda não identificado, foi encontrado debaixo de um carro após o escoamento da água que encheu as ruas de diversos pontos da cidade. Rio permanece em estágio de crise .

Durante a madrugada, moradores da comunidade ajudavam equipes do Corpo de Bombeiros nas buscas de uma terceira pessoa, um homem de 42 anos, que estaria desaparecido. Na noite de segunda, policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) informaram que haveria ainda três crianças soterradas.

Segundo a filha de uma das vítimas, vizinhos contaram que uma árvore caiu sobre a casa provocando o deslizamento de terra. A outra vítima, que é tia dela, chegou a ser levada com vida para o hospital.

Um morador que ajudou no resgate antes da chegada dos militares, contou que o homem, que estava na casa, continua desaparecido.

— Cheguei no local e, na hora, pedimos para que todos ficassem em silêncio para procurarmos por sobreviventes. Eu mesmo encontrei uma mulher, ainda com vida. Quando os bombeiros chegaram, tentaram reanimá-la, mas ela já estava sem conseguir respirar e acabou morrendo. O homem, que estava com ela na casa, tentando ajudá-la, continua desaparecido — contou o morador, que não quis se identificar.

Ele afirma que a sirene do morro não tocou.

— O morro está todo sem luz. E quando falta luz, a sirene simplesmente não toca — contou.

Por conta da chuva forte, a comunidade ficou sem energia elétrica durante o período da noite e início da madrugada. Equipes da Light foram acionadas e às 2h a situação começava a ser normalizada. De acordo com a Defesa Civil do município, 39 sirenes em 20 comunidades foram acionadas na noite desta segunda-feira. Até o último boletim, divulgado por volta de 22h50, o Morro da Babilônia não havia sido alertado, segundo o texto.

Escolas sem aula

As aulas da rede municipal de ensino foram suspensas nesta terça-feira. Por causa da  chuva , o prefeito Marcelo Crivella decidiu deixar os 650 mil alunos da rede em casa, antecipando o feriado escolar que acontece todo mês de abril.