Brasileiro preso na Venezuela é expulso do país!

179
0

RIO, BRASÍLIA e BUENOS AIRES — Após quase dez dias detido em Caracas, o brasileiro Jonatan Moisés Diniz, de 31 anos, foi libertado neste sábado pelo governo venezuelano e já embarcou num voo rumo a Miami, onde vive.

No Twitter, o chanceler brasileiro Aloysio Nunes confirmou a libertação, citando explicitamente sua expulsão: “O incidente envolvendo o brasileiro Jonatan Moisés Diniz foi encerrado, com sua expulsão da Venezuela”.

Na manhã deste sábado, o Itamaraty recebeu a informações de que o governo avaliava expulsar Jonatan do país. Funcionários do governo brasileiro questionaram às autoridades venezuelanas se aconteceria uma visita consular antes disso, mas não obtiveram resposta.

À tarde, o Itamaraty foi comunicado que o brasileiro estava em um voo para os EUA.

Jonatan estava detido desde o fim do ano passado na sede central do Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin), na capital venezuelana. Esse foi o primeiro lugar onde as autoridades do consulado brasileiro o procuraram, mas num primeiro momento agentes do Sebin negaram que ele estivesse no local, chamado de “A Tumba” por ex-presos locais.

O governo demorou mais de uma semana para descobrir que o brasileiro estava nesta espécie de prisão de segurança máxima do Sebin. Ele mora nos Estados Unidos e viajou para a Venezuela para fazer trabalhos de caridade, no fim do ano passado.

Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here