A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia, ofereceu um jantar na noite da última terça-feira para as mulheres “poderosas” do Judiciário.

O jantar, na casa de Cármen Lúcia, no Lago Sul, em Brasília, começou por volta de 20h e terminou depois da meia-noite.

Participaram do evento Laurita Vaz (presidente do Superior Tribunal de Justiça); Grace Mendonça (advogada-geral da União); Maria Cristina Peduzzi (ministra do Tribunal Superior do Trabalho); Raquel Dodge (procuradora geral da República); e Cristina Machado (procuradora-geral do Tribunal de Contas da União). Colega de Cármen Lúcia no STF e integrante do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a ministra Rosa Weber foi convidada, mas não compareceu.

Elas não conversaram com os jornalistas que aguardavam na saída do jantar.