Aconteceu na cidade de Mossoró, nesta quinta-feira, 26, a Oficina de Atualização do Mapa Turístico do Polo Costa Branca para as 21 cidades que compõem o bloco. O evento foi realizado sob a coordenação da Secretaria Estadual de Turismo (Setur-RN), em exigência às novas normas da Política Nacional de Regionalização do Turismo do Governo Federal.

A oficina serve principalmente para nortear as ações do Ministério do Turismo com base nas necessidades dos municípios da região e atualizar a política de desenvolvimento do setor. O mapeamento é quem define o aporte de recursos que o Governo Federal destina para cada cidade de acordo com sua categoria”, explica a coordenadora operacional da Setur-RN, Carmen Vera.

De Porto do Mangue, quem representou foi o secretário Municipal de Turismo, Clebson Moura, o momento serviu para os municípios envolvidos apresentarem novas políticas e estratégias de desenvolvimento para o setor. A cidade de Porto do Mangue garantiu sua participação no Pólo de Turismo Costa Branca, dentre as 21 cidades integrantes, apenas 10 agora farão parte do seleto grupo de cidades no Pólo, o G-10. Outras cidades como Assú, Apódi, Angicos, Barauna, Caiçara do Norte, Carnaubais, Lages, Pendências, Itája, Santana do Matos, São Bento do Norte e Upanema ficaram de fora.

A partir dessa oficina, as prefeituras que formam o Polo Costa Branca, vão ter a oportunidade de oficializar políticas para o turismo das respectivas cidades e, com isso, poderão captar mais recursos.