Jair Bolsonaro segue entrincheirado nos cerca de 30% dos brasileiros que ainda o escutam”, diz Fernando Canzian.

Mas a onda política, econômica e sanitária em formação deve engolir o presidente (…).

Em algumas semanas, cenas tristes e grotescas como as de Manaus serão comuns em estados mais pobres e no Rio de Janeiro. O cenário remeterá à política contra o isolamento de Jair Bolsonaro e à sua ‘gripezinha (…).

Agora, nem fechamos, nem abrimos.