PORTO DO MANGUE – Em evento do PL do deputado federal João Maia, realizado neste sábado, 14, na residência de Magnus Domingos, pré-candidato a vice na chapa da prefeitável Maria Clara (PP), o Partido Solidariedade comandado pela família da ex-vereadora Maria Cícera (Mariazinha), que tinha 2 cadeiras na Câmara Municipal de Porto do Mangue, uma ocupada por seu filho, Jean Maia, que migrou para o Partido Liberal liderado pelo atual vice-prefeito; já o vereador Nivaldo Cristino que também é filiado ao SD, deve acompanhar o vereador Juscelino Gregório(PPS) rumo a um novo partido nos próximos dias.

Os vereadores, Juscelino e Nivaldo poderão migrar para o PROS que é presidido pelo empresário Francisco Faustino ou para um outro.

Ou seja, em miúdos o Solidariedade foi a falência em Porto do Mangue!

Nesse jogo político quem ganha é Magnus Domingos, que trabalha minuciosamente para fortalecer o partido ao qual lidera, Magnus ainda lança o nome do seu filho, Marlos Victor para concorrer a uma cadeira no parlamento portomanguense, diante do cenário tem chances de chegar lá.

O PL, de acordo com as contas poderá eleger 2 vereadores, o PP da prefeitável Clarinha ainda não deu sinais de vida quanto a nominata para a chapa proporcional.

Em conversa com algumas fontes ligadas aos oposicionistas, foi citado o nome de Frankyleide para concorrer a uma cadeira de vereador.

Então, é possível prever que a oposição com muito, muito trabalho poderá ter até 2 cadeiras no legislativo.

Águas estão a rolar…