Nesta sexta-feira, 7, o prefeito Sael Melo, e secretários da sua gestão, ao lado do presidente da Câmara, Juscelino Gregório e dos vereadores Jailson Fernandes, Alciene Rodrigues e Helena Costa, receberam a visita de uma comissão técnica do SENAI-Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial.

O SENAI é hoje nacionalmente, consolidado como o maior complexo de educação profissional da América Latina, cujos resultados são expressos através de números e de sua capacidade de adequar-se às demandas técnicas e tecnológicas do mundo moderno. A sua expressiva infraestrutura na área tecnológica, constitui-se o diferencial competitivo para realizar serviços educacionais, técnicos e tecnológicos.

Pensando nisto, e tendo em vista o suntuoso investimento que o grupo empresarial Maranata está fazendo no município de Porto do Mangue, o vereador Juscelino Gregório, apresentou em maio do ano passado a Indicação Parlamentar nº 011/2019, que sugeriu e solicitou ao prefeito Sael Melo que a Prefeitura firmasse uma parceria com o sistema ‘S’, para qualificar, profissionalizar e capacitar a mão de obra local para que seja atendida a demanda da nova e maior refinaria de sal do Brasil, instalada no distrito de Logradouro-Porto do Mangue.

De acordo com o empresário Davi Alves, a expectativa é que seja gerado 700 novas vagas de emprego diretos quando a refinaria passar a operar.

Para o vereador Juscelino foi mais uma vitória e conquista do seu mandato em prol do desenvolvimento econômico e social para o município.

Os integrantes da comissão SENAI,  António Medeiros, responsável pela Coordenação de Pesquisa e Inovação; a gerente do Instituto Senai de Tecnologia, Núbia Juvino Diniz Pontes e Amora Vieira Cavalcante, responsável por Projetos e Serviços , ambos visitaram a salina e a mega estrutura da refinaria, a visita técnica visou o levantamento das necessidades e principais áreas em que serão necessárias a profissionalização da mão de obra.

O SENAI é hoje nacionalmente, consolidado como o maior complexo de educação profissional da América Latina, cujos resultados são expressos através de números e de sua capacidade de adequar-se às demandas técnicas e tecnológicas do mundo moderno. A sua expressiva infraestrutura na área tecnológica, constitui-se o diferencial competitivo para realizar serviços educacionais, técnicos e tecnológicos.