O chefe do Poder Executivo de Porto do Mangue, prefeito Sael Melo (PHS), em contato com a nossa redação foi taxativo em afirmar que a decisão do IBGE apresentada à população de Areia Branca, não passa de ‘peça publicitária para se promover políticos locais‘.

Na última quarta-feira, 4, a Prefeitura de Areia Branca e o IBGE realizou uma reunião para apresentar, o que seria, a nova decisão judicial sobre o limite entre as cidades de Porto do Mangue e Areia Branca, localizado nas proximidades das comunidades da Pedra Grande e Ponta do Mel.

O prefeito Sael Melo, através do assessor jurídico, o advogado José Wilton Ferreira, disse que essa decisão judicial apresentada na reunião não passa de conversa fiada.

Segundo o assessor, o verdadeiro processo que trata sobre a divisão/limites entre os municípios continua tramitando na justiça.

Tudo não passou de propaganda.