Japão de imperador inicia nova era no país.

Japão de imperador inicia nova era no país.

O Japão vive um momento histórico nesta 3ª feira: pela 1ª vez, em 202 anos, a troca do imperador se dará pela aposentadoria e não pela morte. Após 30 anos no poder, o imperador Akihito, 85 anos, passa o milenar Trono do Crisântemo para seu filho mais velho, príncipe Naruhito, 59 anos.

Em meados de 2016, Akihito manifestou seu desejo de deixar o cargo devido à  idade avançada e a saúde debilitada.

A passagem marca o fim da Era Heisei e o início de uma nova era, batizada de Reiwa (junção das palavras ordem e harmonia).  A nova época tem início na 4ª feira (1º.mai).

Para oficializar a mudança no cargo, serão realizadas várias cerimônias de transição. A oficial será em outubro deste ano, com convidados de 200 países.

O governo gastou cerca de R$ 95 milhões para a celebração. Eis lista de comemorações ao longo do ano:

  • 30 de abril: cerimônia de abdicação realizada no Palácio Imperial com participação de cerca de 300 pessoas. Akihito fará uma declaração final como imperador;
  • 1º de maio: os camareiros imperiais vão transferir objetos do trono diante do novo imperador. Participação de pequeno grupo (realeza masculina adulta e representantes do governo);
  • 4 de maio:  o novo casal imperial (príncipe Naruhito e princesa Masako) faz sua 1ª aparição pública no Palácio Imperial;
  • 22 de outubro: cerimônia oficial prevista para cerca de 3.000 pessoas;
  • 14 e 15 de novembro: cerimônia do agradecimento.

A comemoração começou em 27 de abril, no início da chamada Semana Dourada (junção de 4 feriados nacionais japoneses). Serão 10 dias de feriado prolongado, até 6 de maio. Órgãos oficiais, escolas, bancos e creches não vão funcionar

Segundo a agência de viagens JTB Corp, 24,7 milhões de pessoas devem viajar para destinos dentro do país. O comércio também será movimentado, com a venda de itens comemorativos da nova era.

Monarquia japonesa

O país tem, atualmente, a monarquia hereditária mais longa do mundo –2,6 mil anos, segundo registros oficiais. É composta por Poder Executivo –primeiro-ministro, por 1 imperador, símbolo do Estado, que ocupa o Trono do Crisântemo e pelo Poder Legislativo.

O imperador Akihito está no trono desde 7 de janeiro 1989 –início da Era Heisei (que significa consolidação da paz). Ele sucedeu o pai, Hirohito, imperador japonês durante a 2ª Guerra Mundial que ficou o maior tempo no trono –63 anos (Era Showa).

Akihito anunciou sua saída em 1º de dezembro de 2017. Mas foi necessária a criação de uma lei exclusiva que o autorizasse a sair do cargo em vida.

Desde a Constituição japonesa de 1947, o imperador não tem poder de decisão. Sem ser chefe de Estado, ele tem que cumprir com atribuições protocolares do cargo.

É quem oficializa a nomeação do primeiro-ministro, dos membros do governo e do presidente do Supremo Tribunal.

Também é responsável por abrir as sessões parlamentares, promulgar as leis e tratados, se encarregar das condecorações e receber as cartas credenciais dos embaixadores.

Sobre o Autor

OPortomanguense
OPortomanguense

Fundado em outubro de 2011, é o 1º site de notícias & entretenimento de Porto do Mangue, atualmente com liderança consolidada na cidade e região da Costa Branca.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *