Primo de Valdetário Carneiro já foi preso por assaltos e homicídios, se converteu a Jesus, teve a vida transformada e hoje é cantor evangélico.

Vanzinho, como é conhecido, tornou-se evangélico há 30 anos, mas já foi considerado um dos criminosos mais perigos do Estado, sendo responsável por vários assaltos no Nordeste.

Membro da igreja Assembléia de Deus, ele já gravou vários CDs e um DVD, nos quais conta seu testemunho. Wantuil tem andado todo o Brasil pregando a palavra de Deus, mas, antes disso já fez assaltos milionários e cometeu assassinatos até ser preso. Vanzinho tem agradecido a Deus por ter sido preso, pois, segundo ele, foi na antiga Penitenciaria João Chaves, em Natal, que encontrou Deus e vive até hoje louvando.

Na noite deste sábado, 17, a AD-Madureira em Porto do Mangue, liderada pelo pastor Francisco Hélio dos Santos, apresentou o cantor Wantuil Carneiro, templo lotado, muitos foram prestigiar o evento, membros de outras denominações evangélicas e descrentes também marcaram presença.

Nas apresentações feitas pelo cantor Jose Wantuil, além das músicas, ele conta toda sua história no submundo do crime e destaca o trabalho evangélico que vem realizando para salvar vidas. O cantor, que é primo do lendário Valdetário Carneiro, foi condenado a mais de 100 anos de prisão e, atualmente, em liberdade, tem feito seu trabalho de evangelização em todas as igrejas e cidades onde é contratado.

Para se ter uma ideia, até o roubo dos mais de R$ 164 milhões do Banco Central de Fortaleza (CE), em 2005, o maior assalto do país havia sido dos 94 milhões de Cruzeiros da emergência, na região Oeste do RN, protagonizado por membros da tradicional família Carneiro de Caraúbas, no dia 18 de maio de 1982. O caso policial repercutiu em todo o País; levou para cadeia o grupo que organizou o assalto.

Detalhes da ação espetacular dos Carneiros são contados com riqueza de detalhes em todas as apresentações feitas por Jose Wantuil, que participou diretamente do assalto, juntamente com outros três membros de sua família.